sábado, 30 de outubro de 2010

21º Amadora BD - Prémios

Este Sábado foram escolhidos os vencedores dos 21º Amadora BD - PNBD.
Decididamente nunca consigo estar de acordo com estes prémios que se pretendem nacionais e nunca o foram. Porém e desta vez acho que acertaram com os nomeados, mas na altura de decidir os prémios dentro destes nomeados, acho que ganham sempre os mesmos de há uns para cá: ou ganha o Rui Lacas ou ganha o José Carlos Fernandes! Este ano, e na minha opinião (claro) o prémio devia ter ido para "A Fórmula da Felicidade Vol.2" sem sombra de dúvida! Já o ano passado o primeiro volume da "A Fórmula da Felicidade" poderia ter ganho, e este o ano o segundo volume (e conclusão) é preterido. Não tenho nada contra o Rui Lacas, mas acho que este não foi o seu melhor trabalho, e embora tenha gostado de ler este volume de "Asteroid Fighters Vol.1: O Início", onde está o segundo volume? Sim, porque a "A Fórmula da Felicidade" está completa em dois volumes já editados e este último livro de Rui Lacas inicia uma série que ainda não provou sequer continuidade. Este livro por si só acho que não deveria ter ganho, e volto a repetir que não estou a pôr em causa a qualidade do artista Rui Lacas, é um dos nossos bons artistas! Este ano para mim foi o prémio mais desajustado, quanto aos outros concordo mais com uns do que com outros mas não são tão polémicos.
Volto a frisar que é apenas uma opinião pessoal, como tal passível de ser rebatida...
Então voltamos aos prémios (que mais uma vez não contemplam os livros editados pela BD Mania e Vitamina BD):

Melhor Álbum Português


"Asteroid Fighters Vol.1: O Início, de Rui Lacas
Edições ASA


Melhor Argumento para Álbum Português


Filipe Melo - "As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy"
Tinta-da-China


Melhor Desenho para Álbum Português

Filipe Andrade - "BRK" Tomo 1, Edições ASA


Melhor Álbum Estrangeiro

Os Passageiros do Vento Tomo 6 – “A Menina de Bois Caiman” Livro 2, de Bourgeon,
Edições ASA


Melhor Álbum de Autor Português em Língua Estrangeira

“Celibataíres", de Nelson Martins
Joker Editions


Melhor Álbum de Tiras Humorísticas

Zits, Paixão e outros Usos para Hormonas em Excesso, de Jerry Scott e Jim Borgman
Gradiva Publicações


Melhor Ilustração para Livro Infantil

O Homem que ia contra as Portas, de Richard Câmara
Everest Editora


Clássicos da 9ª Arte

Mú, A Cidade Perdida - Corto Maltese
Edições ASA


Melhor Fanzine

Cadernos Moura BD, Fernando Bento, de Carlos Rico e Luís Beira
Câmara Municipal de Moura


Prémio Juventude

Hans, o cavalo inteligente, de Miguel Rocha
Edições Polvo



Troféu de Honra
António Gomes de Almeida
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Lançamento Booksmile: Scott Pilgrim


Esta criação de sucesso de Bryan Lee O’Malley vai ter edição em língua portuguesa! Série de grande sucesso nos EUA editada no original em seis volumes pela Oni Press, estarão à venda para o público em geral a partir de dia 4 de Novembro os dois primeiros números com um preço de 8,49EUR cada. Os livros a ser lançados são:
- Scott Pilgrim na Boa Vida
- Scott Pilgrim Contra o Mundo
No 21º Amadora BD iniciarão a comercialização a seguir à sua apresentação no dia 31, Domingo, feita por Hugo Teixeira. Ficam algumas imagens e o press release da Booksmile:


Scott Pilgrim
Uma BD de culto que chegou aos ecrãs de cinema estreia em Portugal dia 9 de Dezembro, fruto da vida caricata de Scott Pilgrim, estranha e envolvente o suficiente para encantar um público jovem ansioso por uma leitura alternativa.

Scott Pilgrim tem 23 anos e está feliz com a vida pacífica que leva. Divide os dias entre o ócio do desemprego voluntário e os ensaios da banda de rock, os Sex Bob-Omb.
Namora com Knives Chau, uma chinesa de apenas 17 anos, facto que preocupa os seus amigos, sobretudo quanto às intenções futuras de Scott para com uma rapariga tão nova.
No entanto, a rotina diária dividida entre consolas, a banda e o tempo dedicado à preguiça, vai sofrer um abalo sísmico. A culpada é Ramona Flowers, uma norte-americana recém-chegada ao Canadá, a única estafeta da empresa Amazon na região.
Dois encontros breves foram o suficiente para Pilgrim se apaixonar. Um dia decide fazer uma encomenda pela internet e fica à espera da amada. Ramona gosta de Scott e os dois começam a sair. A história poderia acabar aqui e ter um final feliz.
Mas o passado de Ramona vai assombrar a relação. Scott vai ter de lutar contra sete ex-namorados maléficos caso queira continuar com ela.
É este o universo de Scott Pilgrim. Uma mistura de elementos de videojogos, manga, filmes de kung fu, música e cinema, que se une às questões do amor jovem e do início da vida adulta.





Este lançamento parece-me estar a ser muito bem feito, aproveitando o filme que irá para as salas no dia 9 de Dezembro e com a divulgação dos livros feita em dois bons "booktrailers" links no Youtube:

Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Lançamento ASA: O Escorpião - O Tesouro do Templo


A ASA lançou no fim de semana passado no 21º Amadora BD o sexto tomo da série O Escorpião.
Os livros esgotaram no Sábado, é certo que não sei quantos exemplares foram vendidos, mas foi uma boa indicação sobre o interesse do público sobre esta série. Estão editados em português:
- A Marca Demoníaca
- O Segredo do Papa
- O Demónio do Vaticano
- A Cruz de Pedro
- O Vale Sagrado
O preço desta novidade é de 16€.
Para quem não conhece a série, este blog já tem uma entrada sobre ela:

O Escorpião

Fica um pequeno press release da ASA:

ESCORPIÃO 6 – O TESOURO DO TEMPLO
Marini / Desberg

“O Escorpião, a cigana Méjai e Ansea, conseguiram libertar-se da gruta de Capadócia na qual julgavam poder encontrar a verdadeira Cruz de S. Pedro e o fabuloso Tesouro dos Templários. Uma inscrição numa espada parece indicar uma pista que conduz à última fortaleza dos Templários... Será o Escorpião, Méjai ou Ansea a levar até Roma a verdadeira Cruz de Pedro?”

Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Lançamento Kingpin Books: Off Road


Sean Gordon Murphy é um autor norte-americano multifacetado: é escritor, colorista e desenhador!
Este livro irá ser lançado (em português) durante o 21º Amadora BD no próximo fim de semana. A Kingpin aumenta assim para dois os lançamentos durante este festival! Sean Gordon Murphy estará presente nesse fim de semana para autógrafos e palestras. Tem também uma exposição patente neste evento, que eu ainda não vi, mas que será um dos pontos a visitar no próximo fim de semana.
Fica uma pequena biografia, algumas páginas e o press release, por parte da Kingpin Books:

OFF ROAD
Sean Murphy

Greg está a ter um dia em cheio! O pai ofereceu-lhe um jipe amarelo, novinho em folha, e Trent, um dos seus amigos mais antigos, acaba de voltar da faculdade para uma breve visita. Trent, por sua vez, anda mal de amores e desanimado. Está novamente sozinho, depois de traído e abandonado por mais uma namorada. O amigo comum, Brad, também já viu melhores dias. Anda em guerra aberta com o pai – e por guerra aberta, entenda-se andarem literalmente ao soco.

Brad e Greg estão convencidos que uma festa é a solução ideal para se abstraírem dos seus males. Mas Trent tem outra coisa em mente - partir numa aventura, mato adentro, com o novo todo-o-terreno de Greg! Mas será que os três amigos estão realmente preparados para o que os espera para lá do asfalto? Nem por sombras!

Publicado originalmente em 2005 pela Oni Press, Off Road foi o álbum de estreia de Sean Gordon Murphy, que ilustrou entretanto, para a DC Comics, Batman: Scarecrow – Year One, John Constantine: Hellblazer e Joe, The Barbarian, este último escrito pela super-estrela escocesa, Grant Morrison.
Kingpin Books
128 páginas, preto e branco.
€17,99

O AUTOR


Sean Gordon Murphy desenha profissionalmente desde 2002 e trabalhou já para grande editoras americanas como a DC Comics, Dark Horse e Image, em títulos como Batman, Star Wars, Noble Causes, Spike, Heaven's Devils e Crush. Está a ilustrar presentemente as mini-séries Joe, The Barbarian, com Grant Morrison, e John Constantine, Hellblazer: City of Demons, com Si Spencer. Paralelamente, trabalha como designer conceptual, artista de storyboards e escritor. A sua arte pode ser vista em seangordonmurphy.com e seangordonmurphy.deviantart.com. Off Road foi a sua primeira publicação a solo.

Adora o trabalho de Bill Watterson, Tim Sale, Jorge Zaffino, Kyle Baker, Alex Toth, Jim Holdaway, Chris Ware, Eduardo Risso, Jason Lutes, Edward Hopper, Zach Howard e Michel Rabagliati, para mencionar apenas alguns.

Sean Gordon Murphy vive actualmente na cidade de Nova Iorque e sonha com o dia em que terá um cão, uma mota e um seguro de saúde.





Amanhã, outro lançamento!
Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

domingo, 24 de outubro de 2010

21º Amadora BD - 1º Fim de Semana


Passou o primeiro fim-de-semana do 21º Amadora BD e penso que a organização deste evento deve tirar algumas ilações da falta de visitantes presentes nestes dois dias. Acho um bocado duro começar este meu post com estas palavras, mas foi o que mais me chamou à atenção. Como é usual costumo começar este post inicial com um fotografia geral da zona comercial e autógrafos e infelizmente este ano poderão verificar que não é a foto mais feliz do evento.
Não se pode culpar o Japan Weekend, pois quando muito tiraria no máximo 10% ao volume normal de visitantes previstos no Amadora BD. Espero que não tentem culpar a crise global, pois os bilhetes são bastante baratos e não iriam provocar o descalabro económico de nenhuma família. Acho que alguns dos pontos que normalmente se criticam a este festival foram este ano ampliados e amplificados pela equipa organizativa. A falta de divulgação e o “embrulho” de confusão entre buscas on-line entre Amadora BD, FIBDA e CNBDI, sendo que nenhum destes é completamente coerente e completo com informação sobre o festival, acho que tiveram o seu peso. Divulgar a parte principal do programa a uma semana e meia do início deste, com certeza não será a melhor partida para um festival desta amplitude.
Depois temos o Amadora BD no Facebook que raramente é actualizado… A acrescentar a isto tudo houve este ano um decréscimo do número de artistas internacionais europeus e norte-americanos, e para além disso um brasileiro que trazia muitos visitantes (Maurício) este ano não veio, como é lógico não pode vir todos os anos…
Já há dois anos que nas conferências de imprensa vejo um jovem todo cheio de jogo informático e de marketing, e sinceramente o entusiasmo e dinamismo que ele põe no seu discurso nestas conferências, não se reflecte no produto final. Qual a causa? Não sei! Isso caberá a quem está por dentro da organização descobrir! O ano passado resolveu-se acabar com o FIBDA e criar o nome Amadora BD, ora isto deveria acabar imediatamente este ano com a designação FIBDA, mas esta continua a aparecer frequentemente em tudo quanto é lado, inclusivamente em informações da organização… isto provoca confusão!
Notas positivas, claro que as há!
Está patente neste festival a melhor exposição que já me foi dada a conhecer: Schuiten e Peeters. Para além desta destaco a exposição de Korky Paul (Bruxa Mimi), muito boa; as exposições “Lusofonia”, “A Metrópole Feérica”, “City Stories” e o “Centenário de Fernando Bento”. Considero este ano um ano bem forte ao nível das exposições. Porventura haverá outras também igualmente boas mas a que eu ainda não fui.
Outro ponto positivo foi a volta da loja BD Mania ao espaço comercial, e a retirada do monstro que estrangulou o festival passado: o célebre “autocarro”, ou “comboio” que atravancava todo o espaço central entre as lojas e autógrafos… pelo menos agora temos mesas para conviver ou descansar! Este ano a retirada deste maravilhoso objecto (que foi um ponto positivo) potenciou ainda mais a visibilidade da fraca afluência de público ao certame.
Os livros são um dos pontos fortes deste festival, onde alguns exemplares podem ser comprados a melhores preços, ou edições que é já raro ver em livrarias neste momento conseguem ser aqui obtidas. Mas este primeiro fim-de-semana do festival também teve lançamentos importantes, Jeremiah e Escorpião, sendo que o segundo esgotou no Sábado! Não sei quantos exemplares a ASA levou para a sua loja, mas pelos vistos foi um número insuficiente. Para quem está interessado neste livro, só a partir de terça-feira. Também foi lançado o primeiro livro de Paulo Monteiro: “O Amor Infinito que te Tenho e outras Histórias” e mais um livro com a chancela da Kingpin Books: "Agentes do C.A.O.S.: A Conspiração Ivanov".
Espero que o festival recupere deste revés o mais rápido possível e que imediatamente comecem a pensar no que está a falhar para nunca mais acontecer!
A divulgação do festival tem que começar no mínimo dois meses antes deste e ser assertiva, massacrando todos os canais sociais possíveis!
Tem de ter uma mascote para sempre, para toda a gente associar a imagem ao festival.
Tem de ter cartazes atractivos para toda a gente, e não apenas para alguns!
A parte de Banda Desenhada estilo oriental (Manga, Manhwa e Manhua) tem de ser objectivamente fortalecida no festival. Não basta trazer um desgraçado de um autor oriental que ninguém conhece, para o pessoal lhe pôr uma folha à frente e ele desenhar alguma coisa! As exposições oriundas desse canto do globo têm sido na generalidade fracas e não representativas do melhor que por lá se faz, e no mínimo divulgar na nota de imprensa quais os trabalhos editados por estes artistas. É que eu tive de fazer um sério esforço para saber quem era Seri Aoi e qual o trabalho que a tornava conhecida.
Basta de bater no Amadora BD. Espero que a afluência aumente a partir de agora, e espero que comecem a ouvir o que toda a gente critica sintomaticamente todos os anos… e todos os anos é ignorada.
Passem a palavra!
Pessoalmente gostei da presença dos autores nacionais, da simpatia de Seri Aoi, do profissionalismo de Azpiri, e mais uma vez fiquei sem o sketch da dupla Schuiten e Peeters. E isto começa a chatear-me solenemente!
Já é altura de porem regras sérias e democráticas nas filas de autógrafos para evitar que os profissionais de fila fiquem com vários autógrafos num fim-de-semana e outras pessoas fiquem a “chuchar no dedo” porque querem ver o festival, ou como hoje que quando cheguei a fila já estava bloqueada! Se lá fora há senhas porque é que aqui não há-de haver??? Sim porque houve pessoas que conseguiram pelo menos três autógrafos desenhados desta dupla! Outros como eu riem-se e “aguentam-se à bronca” porque o festival não é só autógrafos… mas eu gostava de ter um! Só um!
Já agora, convinha dar primazia a autores que tivessem trabalhos editados em português, e de seguida a autores anglófonos, visto que a segunda Língua mais falada é o inglês e não o francês. Passo a explicar: as palestras de certeza que teriam mais gente a assistir e a fazer perguntas, e será mais fácil à maioria das pessoas ler em inglês do que em francês logo poderão levar um livro para o autor autografar. Assim eu escusava de ter estado na fila de Aude Samama, que apenas fazia autógrafos para o clube francófono que tinha o livro na língua original: francês! Ora, se eu não falo nem leio francês (assim como 90%) da população residente em Portugal (não vale emigrantes) porque raio de carga d’água é que iria comprar um livro para a jovem fazer uma pintura? Gostaria de ter um sketch dela, pois gostaria, mas ela só fazia em livro! Acho que a organização deveria pensar bem em quem convida para vir dar autógrafos! Ainda me lembro da confusão do ano passado com os polacos…
Já chega de partes negativas.
Visitem as belas exposições presentes e comprem um livro, respirem BD e convivam muito!
Assim levarão o melhor deste Amadora BD!


Isto tudo são opiniões pessoais, como tal passíveis de serem rebatidas, mas feitas por alguém que gosta muito deste festival e que ficou triste com o que viu neste fim-de-semana.
Deixa o teu comentário

sábado, 23 de outubro de 2010

Lançamento Polvo: O Amor Infinito que te Tenho e Outras Histórias

No dia 24 de Outubro às 16 horas, no Amadora BD, será lançado o primeiro livro de Paulo Monteiro. Será apresentado por Pedro Mota e Rui Brito (editor da Polvo).
Para quem não sabe quem é Paulo Monteiro bastará falar no Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, é ele o principal organizador desse evento. Agora para além de organizador de eventos de sucesso na área da BD, lança-se como autor!
Desejo-lhe grande sucesso.


Off topic: Esqueci-me de avisar que neste 21º Amadora BD não haverá caixa multibanco, por isso vão munidos com dinheiro vivo! Apesar de haver stands que terão pagamento por multibanco outros haverá que não possuem esta facilidade.

Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Lançamento ASA: Lucky Luke Contra Pinkerton


Foi editado na passada Segunda Feira o último álbum do cowboy mais famoso do oeste norte-americano: Lucky Luke.
Mais uma vez a arte esteve a cargo de Achdé, que continua a ser o único desenhador após o falecimento de Morris, sendo as cores da responsabilidade de Benacquista e os textos de Pennac.
Esta edição tem a particularidade de ter três capas diferentes para Portugal, a normal (em cima), outra para a Fnac (em baixo à esquerda) e uma outra que saiu com o jornal "O Público" (em baixo à direita). Parabéns à responsável editorial da ASA que conseguiu para um país que trata tão mal a Banda Desenhada, o que mais nenhum conseguiu: três capas, algumas das quais únicas!
Mais um bom livro que estará em quantidade no próximo Amadora BD!

Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Lançamento Zona: Zona negra 2


O projecto Zona, agora "abrigado" na Associação Tentáculo, edita mais um trabalho revisitando o tema do segundo volume, Zona Negra. São estórias de terror e fantástico escritas e desenhadas por 28 autores. O excelente trabalho dos impulsionadores do projecto (Fil e André), está patente na qualidade dos livros editados criando condições para que novos artistas, que nunca pensariam ter os seus trabalhos editados em papel, consigam ter um pouco de visibilidade e fazendo acreditar que com trabalho é possível o seu objectivo: a edição!
Este novo volume será lançado no 2º fim de semana do 21º Amadora BD.
Fica o press release da Associação Tentáculo:

Zona Negra 2
A Zona Negra 2 será lançada durante o Festival Amadora BD.Esta publicação é o quinto número da Zona (http://zonabd.blogspot.com), contando com trabalhos de BD, ilustração, cartoon e prosa, incluindo ainda uma entrevista ao autor Manuel Alves, colaborador regular da Zona.
Tal como o nome sugere a temática deste livro está centrada na área do terror. É composto por 96 páginas a preto e branco, fortalecendo assim o ambiente negro do seu conteúdo. A capa é a cores da autoria de Ricardo Reis. Ao todo são 28 autores participantes:
O projecto Zona, fundado em 2009, tem como objectivo principal o desenvolvimento e divulgação da banda desenhada e ilustração em Portugal.
Encontra-se no entanto aberto a participações de outras áreas artísticas, tais como fotografia ou prosa, por exemplo.
A Zona tem contado com um amplo leque de colaborações de autores Portugueses, recebendo ainda regularmente participações internacionais, até à data, do Brasil, Argentina, Estados Unidos e Espanha. São mais de 60 os autores que participaram
nas várias edições desta revista.
A Zona levou recentemente à criação da Associação Tentáculo: uma associação cultural com o objectivo de apoiar este e outros projectos, oficializando assim um caso de sucesso de colaboração ente autores.

Vida longa longa a este projecto, é o que eu desejo!
Amanhã mais um lançamento!
Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Lançamento ASA: New Born - 10 Dias no Kosovo


Mais um livro para ser lançado durante o 21º Amadora BD! À semelhança do que já tinha feito com o livro Israel: Sketchbook, Ricardo Cabral faz um "diário" da sua passagem pelo Kosovo mostrando por intermédio de ilustrações este pequeno país e o seu povo. Presumo que o formato seja o mesmo do anterior livro e que as ilustrações sejam tão boas como as atrás referidas.
Fica o press release da ASA:

NEW BORN – 10 Dias no Kosovo

“O Kosovo do Ricardo não é o mesmo país que encontramos nas notícias e nos títulos dos principais órgãos de comunicação ou nos relatórios e telegramas diplomáticos de Bruxelas, Nova Iorque, Moscovo e Washington.
Munido de lápis e câmara fotográfica, Ricardo vê para lá da superficialidade do estereótipo político, e capta a vida linda que as pessoas comuns levam no seu dia-a-dia.”

Autor: Ricardo Cabral

O livro terá o preço de 19,20€.
Amanhã mais um lançamento!
Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Lançamento ASA: Astérix e Companhia


A ASA está está na ponta final do ano e edita mais um livro desta excelente e extensa série.
Assim por ocasião do aniversário destes dois heróis sai este Astérix e Companhia, um livro de dimensões mais reduzidas, assim como o preço (5,90€).
Fica um pequeno press release da ASA:

ASTÉRIX & COMPANHIA - Goscinny e Uderzo

“Muitos leitores estão convencidos de que os personagens das aventuras de Astérix o Gaulês são estrelas! Mas os nossos heróis, que entendem por bem não levar isto nada a sério, decidiram brincar com este vedetismo, Assim, um a um, os gauleses, os romanos, os piratas e outros, expuseram-se pessoalmente, posando sob os holofotes, para tirarem um retrato à maneira das estrelas dos tempos áureos de Hollywood.”

Não confundir este livro com o "Obelix & Companhia"!
Amanhã há mais lançamentos.
Boas leituras e compre um livro no 21º Amadora BD!
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

21º Amadora BD - Programa e Autores


Foi divulgado hoje o programa do 21º Amadora BD (FIBDA) sob o tema do Centenário da República. A cerimónia teve lugar em Lisboa no Posto de Informação da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República (Terreiro do Paço). O festival foi apresentado por Fernanda Rollo, por parte do comissariado das comemorações do Centenário da República e por Nelson Dona, director do Amadora BD.
Assim ficamos a saber que a direcção do festival quer manter ou aumentar a afluência de público do ano passado (mais de 30 000 visitantes) e que vai continuar a haver , como no ano passado, no site do Amadora BD um jogo interactivo com o público. O ano passado foi um boneco, este ano será um cartaz. Todos estes cartazes feitos pelos visitantes serão expostos na parede do Fórum Luís de Camões com o respectivo nome do autor.
Pelos vistos haverá novidades à venda este ano, e segundo parece a Vitamina BD voltará a marcar presença neste festa da BD!
O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora 2010 decorre entre 22 de Outubro e 7 de Novembro.
Fica então o press release e programa:

21º Amadora (FIBDA)
A 21ª edição do Amadora BD - Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora - abre as portas no dia 22 de Outubro. A Banda Desenhada transforma a Cidade da Amadora na capital portuguesa da BD e no ponto de encontro internacional da banda desenhada em Portugal.
Este ano, o núcleo central do Festival localiza-se, novamente, no Fórum Luís de Camões, na Brandoa. Situa-se a cerca de 5 minutos (de viatura) do CC Colombo e servido por diversas carreiras da LT oriundas da Amadora, Colégio Militar e Benfica.
O tema central da edição 2010 do Amadora BD é “O Centenário da República”. No Festival deste ano, realce, para as seguintes mostras: A I República na Génese da Banda Desenhada e no Olhar do Século XXI; Schuiten e Peeters; Centenário de Fernando Bento; e uma mostra de Richard Câmara, autor do desenho original dos diversos materiais gráficos e autor português em destaque.
O Amadora BD descentraliza, novamente, exposições por outros equipamentos: Galeria Municipal Artur Bual, Casa Roque Gameiro, Recreios da Amadora e Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem. Este ano, teremos, ainda, exposição na Kidzania/Centro Comercial Dolce Vita Tejo.
O Amadora BD confirma-se, uma vez mais, como o mais consagrado do género em Portugal e um dos mais conceituados a nível internacional.
A presença de autores, exposições, concursos, área comercial, lançamento de novos álbuns, Prémios Nacionais de Banda Desenhada, sessões de autógrafos, debates... faz do Festival da Amadora uma grande Festa da BD!
O “mundo dos quadradinhos” está de volta à Amadora!

INAUGURAÇÃO
dia 22 de Out
18.30 horas - Recepção na Galeria Municipal Artur Bual - Inauguração da exposição
21.30 horas - Inauguração do núcleo central do Festival - Forum Luís de Camões

dia 23 de Out
17.30 horas - Casa Roque Gameiro - Inauguração da exposição
18.30 horas - Recreios da Amadora - Inauguração da exposição
19.30 horas - CNBDI - Inauguração da exposição

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
O horário de funcionamento do 21º Festival Internacional de Banda Desenhada, no núcleo central, será o seguinte:
de 23 de Out a 7 de Nov dom. a 5ª feira e feriado - das 10h às 20h
6ª feira e sáb. - das 10h às 23h

ACESSO AO FESTIVAL
Na edição de 2010 o acesso às exposições no núcleo central terá as seguintes modalidades:
Escolas da cidade da Amadora e organizações de carácter de solidariedade social: Acesso gratuito
Escolas exteriores à cidade da Amadora: Acesso mediante bilhete no valor de 5,00 euros por turma
Profissionais da comunicação social, editores, autores e outros profissionais de BD devidamente creditados junto do comissariado: Acesso gratuito mediante confirmação ou inscrição na base de dados do Festival – com direito a cartão de livre acesso
Público em geral e maiores de 12 anos: Acesso mediante aquisição de bilhete no valor de 3,00 euros
Público menor de 12 anos [se acompanhado(s) por adulto]: Acesso gratuito
Estudantes + cartão-jovem + pensionistas + seniores (+65): Acesso mediante aquisição de bilhete com desconto no valor de 2,00 euros
Munícipes da Amadora + Grupos de funcionários – mínimo de 3 – de outras empresas, lojas e instituições instaladas na Amadora: Acesso mediante aquisição de bilhete no valor de 2,00 euros e:
a) Apresentação de Bilhete de Identidade;
b) Apresentação de cartão ou credencial da entidade;
“Amigos da BD” – Bilhete de Entrada Permanente Acesso mediante inscrição na base de dados do FIBDA e aquisição de bilhete no valor de 10,00 euros
Visitantes mascarados da sua personagem favorita de BD, desde que se identifiquem à entrada por razões de segurança: Acesso gratuito mediante inscrição na base dados do Festival
Relativamente às exposições patentes na Galeria Municipal Artur Bual, Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem, Recreios da Amadora e Casa Roque Gameiro o acesso é gratuito.

ENTREGA DE PRÉMIOS
A cerimónia de entrega de prémios realiza-se no dia 30 de Outubro, pelas 18.30 horas, nos Recreios da Amadora. Na ocasião, serão entregues os prémios referentes aos Concursos de Ilustração, BD e Cartoon e Prémios Nacionais de Banda Desenhada que premeiam autores e editoras.

ANIMAÇÃO
À semelhança das edições anteriores, o Amadora BD programou um conjunto de actividades: ateliers de cinema de animação e de cores, hora do conto e outras animações, diferenciadas consoante as idades.
No que se refere a espectáculos musicais, podemos informar que o recinto do Festival vai ser palco de um concerto com Os 3 Marias+Tocha+Os Jaquinzinhos (inauguração).
O Comissariado está, ainda, a preparar uma programação de filmes de animação, com a parceria da Casa da Animação, para exibição no auditório do Festival.
No âmbito do Festival, organizaremos, uma vez mais, a Festa da Caricatura com a presença de autores nacionais e estrangeiros. Será, decerto, uma oportunidade de levar para casa a sua caricatura.

PROGRAMA DE EXPOSIÇÕES

O tema central da edição deste ano do Festival é “O Centenário da República”.
Para a edição deste ano, o Amadora BD apresenta as seguintes exposições:

FORUM LUÍS DE CAMÕESNúcleo Central
- Exposição Central
A I República na Génese da Banda Desenhada e no Olhar do Século XXI
BD, Caricatura, Cinema de Animação
Exposição cronológica, mostrando peças anteriores e posteriores (consequências)
Mostra factos históricos que incluem a Amadora (que foi um importante núcleo republicano) e como se desenvolveu essa influência a nível nacional
Consultores científicos: João Castela Cravo, João Paiva Boléo, Osvaldo Macedo de Sousa e Paulo Cambraia
Projecto de Cenografia: Henrique Cayatte Design

- É de Noite que faço as Perguntas
Making of do livro sobre a História da 1ª República em BD – narrativa ficcionada baseada em factos reais – por 6 autores de BD portuguesa contemporânea: David Soares (argumento), e desenhos de Richard Câmara, Jorge Coelho, João Maio Pinto, André Coelho e Daniel Silvestre Silva
Projecto e Execução de Cenografia: GBNT

- Richard Câmara
Mascotes/ anfitriões das comemorações reeinventados/ redesenhados e trazidos para o século XXI por Richard Câmara, a partir das personagens Quim e Manecas, de Stuart Carvalhais
Projecto e Execução de Cenografia: GBNT

- Centenário de Fernando Bento
Exposição de homenagem comemorativa do centenário do seu nascimento
Projecto e Execução de Cenografia: Natércia Caneira e Teresa Cardoso

- Schuiten e Peeters
A Teoria do Grão de Areia
Prémio Melhor Álbum Estrangeiro e Prémio Juventude 2009
Projecto e Execução de Cenografia: Bleu Lumière, Yves Marechal & Dominique Briand

- Luís Henriques e José Carlos Fernandes
A Metrópole Feérica
Prémio Melhor Álbum Português, Melhor Desenho e Melhor Argumento 2009
Projecto de Cenografia: Catarina Pé-Curto
Execução de Cenografia: Amália Buisson e Catarina Pé-Curto

- Cristina Sampaio
Canta o Galo Gordo
Prémio Melhor Ilustração para Livro Infantil 2009
Projecto de Cenografia: Carlos Farinha
Execução de Cenografia: Carlos Farinha, Eduardo Nunes e Gilberto Gaspar

- City Stories
Projecto de intercâmbio e residência artística dinamizado pelo festival de BD de Lodz (Polónia) com algumas cidades europeias:
Moscovo, Londres, Lyon, Lucca, Lisboa/Amadora
A exposição mostra o processo e os resultados destas residências
Projecto e Execução de Cenografia: Cláudia Gaudêncio e Rui Mecha

- Aude Samama
Visões de Portugal
Exposição em torno dos álbuns:
Lisbonne Dernier Tour;
Amália Rodrigues
Projecto de Cenografia: Nuno Quá, Susana Lanceiro e Susana Vicente
Execução de Cenografia: Carlos Cunha, João Gouveia, Nuno Quá, Susana Lanceiro e Susana Vicente

- Korky Paul
A Bruxa Mimi
Exposição sobre a colecção A Bruxa Mimi, mostrando o processo criativo do autor e a sua evolução
Projecto de Cenografia: Nuno Quá, Susana Lanceiro e Susana Vicente
Execução de Cenografia: Carlos Cunha, João Gouveia, Nuno Quá, Susana Lanceiro e Susana Vicente

- Sean Gordon Murphy
Autor que trabalha para a indústria norte-americana dos Super Heróis.
Trabalhos da revista “Joe the Barbarian”
Projecto de Cenografia: Gilberto Gaspar
Execução de Cenografia: Carlos Farinha, Eduardo Nunes e Gilberto Gaspar

- Colectiva de Anime
Exposição colectiva dos alunos do Departamento de Anime da Universidade Politécnica de Tokyo - Faculdade de Arte
Mostra de arte original e filmes produzidos pelos alunos
Haverá uma intervenção de pintura ao vivo durante a inauguração, feita pelos alunos convidados, que será filmada e passada num plasma durante o Festival

Lusofonia:
- A Nona Arte em Língua Portuguesa
Portugal, Brasil, Angola, Moçambique
Estará representado um autor por país (Portugal – Nuno Saraiva; Brasil – Jô Oliveira; Angola – Lindomar Sousa; Moçambique – Zorito e Machado da Graça), cujo trabalho seja revelador das particularidades da língua portuguesa falada em cada um deles (linguagem coloquial; termos e expressões locais; diferentes significados das mesmas palavras; etc.)
Projecto e Execução de Cenografia: Ana Couto

- Os Caretos da República
Exposição dos autores Pê (Pedro Ferreira), Carlos Laranjeira e Ricardo Galvão

- Paulo Monteiro
O Amor Infinito que te Tenho e Outras Histórias
Projecto e Execução de Cenografia: Paulo Monteiro e Susana Monteiro

- Concursos de BD
Tema: A República
Concurso de BD Escalão A
Concurso de BD Escalão A +
Concurso de BD Escalão B
Concurso Municipal Infantil

Além do Forum Luís de Camões, as exposições do Amadora BD são descentralizadas por outros espaços da Amadora:

GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL
- Exposição de Luís Diferr
Em torno do álbum Portugal, com argumento de Jacques Martin

CASA ROQUE GAMEIRO
Ilustração
- Bernardo Carvalho – Prémio Nacional de Ilustração 2009
- Os Quadros da História de Portugal, de Roque Gameiro e Alberto de Sousa

RECREIOS DA AMADORA
Cartoon
- O 5 de Outubro na Imprensa Satírica Espanhola
- Augusto Cid, Vangelis Pavlidis e Jean Plantu

CNBDI
- Exposição comemorativa dos 10 Anos

Exposição paralela

KIDZANIA
CENTRO COMERCIAL DOLCE VITA TEJO
- Luís Henriques

HORÁRIOS DAS EXPOSIÇÕES:

Núcleo Central
Forum Luís de Camões
R. Luís Vaz de Camões
Brandoa
2ª, 3ª, 4ª, 5ª feira, domingo e feriado – das 10h às 20h
6ª feira e sábado – das 10h às 23h

Casa Roque Gameiro
Largo 1º de Dezembro
Venteira
21 492 92 35 (telefone)
2ª feira a sábado – das 10h às 12.30h e das 14h às 17.30h
encerra aos domingos e feriado

Galeria Municipal Artur Bual
Av. MFA – edifício dos Paços do Concelho
Mina
21 436 90 66 (telefone)
3ª a 6ª feira – das 10h às 12.30h e das 14h às 18h
sábado, domingo e feriado – das 15h às 18h

Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem
Av. do Brasil 52 A
Falagueira
21 499 89 10 (telefone)
2ª a 6ª feiras – das 9.30h às 12.30h e das 14h às 18h
sábado e domingo – das 14h às 19h

Recreios da Amadora
Av. Santos Matos
Venteira
21 492 73 15 (telefone)
3ª feira a domingo – das 14h às 17.30h
encerra à 2ª feira

AUTORES ESTRANGEIROS PRESENTES NO AMADORA BD 2010

1º Fim-de-Semana (23 e 24 de Outubro)






Schuiten e Peeters (Bélgica) - Série As Cidades Obscuras












Aude Samama (França) - Lisbonne Dernier Tour












Alfonso Azpiri (Espanhol) - Despertares, Lorna, Demon Wind












Seri Aoi (Japão) - Opera (Manga Yaoi)










Toshiki Nonaka (Japão) - Socket (Anime)




2º Fim-de-Semana (30 e 31 de Outubro)





Vangelis Pavlidis (Grécia) - Rhodes a Story:1306-1522













Juan Cavia (Argentina) - As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy











Sean Gordon Murphy (EUA) - Batman, Hellblazer, Joe the Barbarian







3º Fim-de-Semana (6 e 7 de Novembro)




Korky Paul (Zimbabwe) - Bruxa Mimi









Jô Oliveira (Brasil) - Guerra do Reino Divino






João Machado da Graça (Moçambique) - Completamente desconhecido!





Zorito (Moçambique) - Bocotó










Olímpio Sousa (Angola) - Cabetula






Outros convidados:
Adam Rádon e Ewa Stepien
(director do Festival Internacional de BD de Lodz – Polónia)
Kei Suyama – Profª Anime (Japão)
Kim Hakhyun (Japão)
Naoki Shimaya (Japão)
Pili Muñoz (directora da Maison des Auteurs – Angoulème – França)
Sonia Luyten (investigadora brasileira)
Alamberg (presidente da Fundação Casa Grande – Cariri – Brasil)
Claudio Curcio (director do Festival Internacional de BD de Nápoles – Itália)
Lindomar Sousa (editor da revista “Cabetula” e director do Festival Internacional de BD de Luanda)

Posto isto tenho a acrescentar que a lista dos artistas portugueses ainda não me foi facultada, e em relação aos autores estrangeiros só constam desta lista os que estão completamente confirmados. Espero que ainda surjam alguns bons nomes para aumentar o número, sobretudo para o 2º fim de semana! Infelizmente dos autores apresentados agora apenas Schuiten e Peeters, Azpiri, Korky Paul e Juan Cavia tem obra editada em português; e destes, Azpiri e Cavia têm apenas um livro na nossa língua! Pena!
Qualquer alteração ao programa, como por exemplo os nomes dos artistas portugueses e sua integração nas grelhas de fim de semana, ou mudanças na grelha dos artistas estrangeiros, será modificada aqui neste post!
Divirtam-se!
Deixa o teu comentário