quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Barbarella


Barbarella foi/é um ícone feminino na Banda Desenhada dos anos 60, com a particularidade de possuir uma elevada carga sexual para a altura. O seu sucesso foi tão grande que nos U.S.A. decidiram fazer um filme, onde o papel principal (Barbarella) era protagonizado por Jane Fonda.  

De notar que este livro é considerado o primeiro livro de BD para adultos. O que existia anteriormente nunca teve um tratamento em papel como Barbarella, e como é lógico provocou um grande escândalo, sobretudo nos países Anglo-Saxónicos conhecidos pelas suas virtudes….

Esta personagem da BD deixou marcas que foram bastante para além da BD, como o provam o grupo pop rock Duran Duran, cujo nome provem da personagem Durand, para além de terem feito uma música chamada "Electric Barbarella". Também Jamiroquai e a banda Capri têm músicas onde esta heroína é referenciada!

O autor deste sucesso foi o francês Jean-Claude Forest, conhecido entre nós pela obra “Os Náufragos do Tempo”. Este autor criou Barbarella com a intenção de ser um jogo privado e ser jogado entre ele e os seus amigos. Mas o sucesso foi tão grande junto do público francês, que rapidamente acabou por se transformar numa série de BD. Há quem diga que o modelo para a personagem foi Brigitte Bardot, que tinha sido casada com o futuro realizador do filme, Roger Vadim (que acabou também por casar posteriormente com Jane Fonda)!

Barbarella surge em 1962 como protagonista de uma série de BD erótica, publicada pela primeira vez na revista francesa “V-Magazine”, surgindo em álbum em 1964 (o ano em que eu nasci!). Este primeiro livro compilou as aventuras desta heroína que tinham saído na “V-Magazine”. Depois foram editados mais três livros:
  • Les Colères du Mange-Minutes
  • Le Semble-Lune
  • Le Miroir aux Tempêtes 
Apenas o primeiro, “Barbarella” foi editado em inglês, e é este que eu possuo. Excelente compra no Ebay, pois o livro está NOVO! As folhas nunca tinham sido manuseadas e as páginas estavam branquíssimas, isto para um livro de 1966 é obra… nem tinha aquele particular cheiro a mofo dos livros desta altura!

Barbarella após viajar pela Galáxia acaba por se despenhar no planeta Lythion.
Aqui Barbarella envolve-se em várias aventuras em vários pontos do planeta. Esta jovem com uma cara ingénua e angelical não se coíbe de usar o corpo para os seus fins! Seja para premiar um salvador, ou simplesmente para eliminar inimigos. Luta corajosamente contra monstros e tiranos, liberta povos da opressão e faz amor com quem deseja. Barbarella é assim!

É lógico que nos dias de hoje estes livros estão datados, mas o desenho acaba por valer a pena, pois apesar de ser simples, acaba por descambar em cenários verdadeiramente caóticos.
De notar que este livro saiu na época certa, pois esta foi uma altura em que as mulheres estavam em plena luta de emancipação, e Barbarella era uma mulher emancipada! Ela controlava a sua própria vida e não havia obstáculo que não fosse ultrapassado, fosse um ditador tirano, ou um monstro gelatinoso.

Vampirella e Zakarella são duas variações do nome Barbarella, tendo Vampirella tido bastante sucesso até aos dias de hoje! Quanto a Zakarella, esta é portuguesa, e tem blog próprio: Zakarella
Este livro é um marco na Banda Desenhada!

Boas leituras!

Softcover
Criado por Jean-Claude Forest
Editado em 1966 pela Groove Press
Nota : 7 em 10
Deixa o teu comentário

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Autores: Lidwine


Dominique Legeard sempre se sentiu atraído pelas artes gráficas, e logo no liceu se dedicou a desenhar algumas páginas para o jornal daquela instituição. Aos 19 anos, e com o pseudónimo de Lidwine, fez a sua primeira ilustração para a “Métal Hurlant”.
Andou um pouco por todo o lado, trabalhando naquilo que aparecia à frente, fosse como jardineiro ou como animador de colónias de férias… mas sempre perseguindo o seu sonho!
Foi sempre tentando fazer ilustrações para postais, tiras para jornais até que finalmente conseguiu entrar no mercado de BD profissional! A obra foi “Le Dernier Loup d'Oz” para a editora Delcourt. Esta obra deu-lhe bastante crédito em França, e apesar do público achar as páginas um pouco densas, vendeu uns excelentes 30.000 livros até agora. Espera-se que continue a série…
O seu traço é muito do meu agrado: detalhado e pormenorizado! Eu gosto de densidade no desenho e na cor, e como tal, este autor ganha rapidamente pontos na minha opinião!
Apenas me parece um pouco lento…
Tem um livro editado em português: O Amigo Javin. Este livro é o quinto da série “Em Busca do Pássaro do Tempo” e funciona como prequela em relação aos anteriores quatro.
Tem editado os seguintes títulos:
Le Dernier Loup d'Oz
Où Vont les Hommes
Paroles d'étoiles
Em Busca do Pássaro do Tempo: O Amigo Javin (Meribérica) (ASA)
Souvenirs de Films
La Véritable Histoire de Conrad Deschamps
Podem apreciar a arte deste autor nas ilustrações aqui colocadas!


Boas leituras
Deixa o teu comentário

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Lançamento Dupuis: Portugal


A Depuis vai editar para o mês um livro chamado Portugal!
O autor Cyril Pedrosa, com origens portuguesas, andou por Portugal anos atrás a fazer pesquisa, centrando-se em Lisboa e centro do País. Agora e depois de vários anos de trabalho tem o livro pronto a sair, 264 páginas de BD!
Como não percebo francês, o único juízo que eu posso fazer é sobre a arte. Neste aspecto gosto sobretudo do uso da cor, quanto ao desenho propriamente dito, tem um estilo muito próprio que embora não seja o meu género agrada-me bastante. Gosta daquele traço fino e limpo, embora bastante livre, com que ele desenha as personagens e o cenário.
Penso que o livro conta a estória de um jovem que volta a Portugal, país onde costumava passar férias durante a sua infância. O que ele encontrará aqui, bem… acho que só o vou saber se o livro for editado em português!

Já agora deixo o que Gabriel Bá disse no Twitter acerca deste livro:
“PORTUGAL, do Cyril Pedrosa, é uma PUTA AULA de narrativa, de cor, de desenho. AULA de HQ!”

O livro faz parte da colecção “Aire Libre” da editora Dupuis, e os portugueses já tiveram oportunidade de ver uns sketchs deste livro quando da exposição deste autor em 2007 no FIBDA.




Boas leituras!
Deixa o teu comentário

domingo, 28 de agosto de 2011

A JSA vai fazer parte do relançamento do novo DC Universe!


Depois da DC anunciar os novos 52 títulos sentiu-se imediatamente a falta da Justice Society of America. Este título não fazia parte dos planos da DC neste relançamento, mas eis que durante a Fan Expo Canada, os representantes desta editora largaram a notícia! Estas notícias foram confirmadas no próprio site da DC Comics por Josh Kushins, um dos responsáveis pela informação neste site.
Assim acabou a especulação à volta deste grupo de heróis, mas ficou um "teaser"!
Eddie Berganza, Editor Executivo da DC Comics disse:
“It’s everything you want, but not what you expect!”
Mais jogadas de marketing!
Foi também confirmado que a "Earth 2" voltaria a fazer parte do DCU, por isso presume-se que este grupo actuará numa realidade alternativa.
:)
Deixa o teu comentário

sábado, 27 de agosto de 2011

Superboy, The Boy of Steel


Quando o Super-Homem foi morto às mãos do Doomsday o “Cadmus Project” resolve fazer um clone do Superman. Assim nasce o Superboy!
Infelizmente para este o DNA usado para a sua construção não foi apenas do Superman, mas também de Lex Luthor, o que viria mais tarde a revelar-se destruidor.
Os poderes deste rapaz são muito parecidos com os do Super-Homem, possuindo para além disso telecinésia táctil.
Foi criado em 1993 por Karl Kesel e Tom Grummett. O seu nome “Kryptoniano” Kon-El foi-lhe dado pelo Superman, e adopta como nome terrestre Conner Kent.
Foi um dos membros fundadores do grupo Young Justice, e mais tarde fez parte dos Teen Titans com Robin, Impulse, Wonder Girl, Cyborg, Starfire, e Beast Boy. É nesta altura que desenvolve sentimentos mais profundos com Cassie, a Wonder Girl.
A sua morte às mãos do Superboy-Prime em Infinite Crisis foi um momento excelente desta saga, deixando os fãs deste personagem a lavar o chão com tanta lágrima que foi vertida… (LOL). Foi um dos melhores momentos de Infinite Crisis, infelizmente para este clone e para a Wonder Girl, que ficou inconsolável…
Mais tarde Starman vem do futuro para deixar Kon-El numa câmara de regeneração. Este processo iria durar cerca de 1000 anos, exactamente para que no século XXXI Conner Kent voltasse a enfrentar o Superboy-Prime (Time Trapper) na série Final Crisis. Kon-El desta vez tem a sua vingança com este Superboy-Prime já adulto. Depois desta vitória regressa ao século XXI.
Este livro mostra o regresso de Kon-El à quinta dos Kent, agora com a Sr.ª Kent viúva, e é feito de uma maneira muito introspectiva, de alguém que não tem ainda a maturidade de um homem, mas ao mesmo tempo já é “velho” de mais para ser um adolescente…
Conner Kent sabe que fez muitas asneiras no passado e quer desta vez crescer sem falhas. Para isso serve-se do modelo Super-Homem, e tenta perceber o seu outro lado: Lex Luthor!
O livro é lento, pausado, centrando-se na insegurança deste jovem, e nas pontas soltas que ficaram após a sua morte! O exemplo da sua insegurança é o bloco de notas onde ele aponta aquilo que o Superman fez, e segue as suas acções à letra. Várias pontas soltas são tocadas, relançando a sua relação com Cassie (Wonder Girl) e com o seu melhor amigo Tim Drake (Red Robin). Estes dois jovens tinham tido um arremedo de romance e ambos se mostram embaraçados na presença de Kon-El.
Neste livro Luthor e Brainiac conseguem a fuga das instalações militares onde se encontravam presos, e Luthor procura Superboy. Luthor neste livro consegue estar num patamar de malevolência enorme, e é exactamente a única altura deste livro onde existe acção a sério!
Geoff Johns consegue estar ao seu melhor nível, como autor da estória, fazendo desta “apenas” uma reintrodução desta personagem no DCU com muita classe!
Quanto à arte de Francis Manapul, digamos que eu não sou fã, embora também não me desagrade. Cumpriu, e na realidade conseguiu uma meia dúzia de páginas de grande qualidade. Pena não ser assim no livro todo!
Conner Kent vai ter o seu nome bem presente no novo relançamento da DC com uma revista própria, Superboy, coexistindo também na série on-going Teen Titans!

Boas leituras!

Hardcover
Criado por Geoff Johns e Francis Manapul
Editado em 2010 DC Comics
Nota : 8,5 em 10
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Lançamento Dynamite: Flash Gordon - Zeitgeist


O mítico herói dos primórdios da Banda Desenhada está de regresso ao mercado dos Comics norte-americano!
A recuperação é feita pela Dynamite e vem pela mão de Alex Ross, responsável pela estória e design. O guião será escrito por Eric Trautmann (Vampirella, Red Sonja), a arte estará a cargo de Daniel Lindro.
Teremos Flash Gordon, Dale Arden e Dr. Hans Zarkov a viajar da Terra para o planeta Mongo, onde irão lutar contra o tirano Ming the Merciless!
O título chamar-se-á Flash Gordon – Zeitgeist, e Alex Ross sente-se feliz por estar a trabalhar neste mítico título, dizendo que Flash Gordon irá “puxar” o que há de melhor nele como autor/artista!
É mais um clássico a ser relançado pela Dynamite. Esta editora tem apostado nalguns, como The Lone Ranger, Vampirella, Battlestar Galactica, Dan Dare, The Green Hornet, Zorro e Buck Rogers.
Agora resta ver como vai correr este Flash Gordon, e como esta tripla de autores vai convencer os possíveis leitores deste herói de que trazem algo de novo ao universo de Mongo.
Flash Gordon foi criado em 1934 pelo grande Alex Raymond como resposta da editora King Features Syndicate aos títulos Tarzan e Buck Rogers, da editora rival da altura, a Pulitzer Syndicate.
Este herói teve um enorme sucesso, sendo aproveitado para séries de televisão, cinema e desenhos animados.
Como curiosidade… existiu nos anos 70 uma paródia a este herói com o título “Flesh Gordon”, que acabou também ela por se tornar um título de culto, devido ao êxito obtido!!!
Deixo aqui as várias capas da revista #1 que irá sair em Novembro.




















Boas leituras
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A DC Comics arrasa neste final de Verão!


As solicitações para pré-encomendas dos seus novos 52 títulos foram enormes!
Este golpe de marketing demonstrou que, pelo menos para os nº1, foi o caminho certo. O futuro dirá se o público vai continuar a apostar nestes título, ou não...
Provavelmente muitos deles irão ser cancelados, mas para já está tudo a rolar de acordo com os desejos da DC Comics!
A revista número 1 da Justice League ainda não saiu e já bateu o recorde de vendas do ano nos EUA: mais de 200.000 exemplares!
Este título vai chegar às lojas no dia 31 de Agosto e já é o mais vendido do ano.
Outros títulos atingem excelentes números também, como são os casos de Batman, Action Comics, Green Lantern, Detective Comics, Superman e Flash que obtiveram pré-encomendas superiores a 100.000 exemplares cada, ficando assim também entre os mais vendidos deste ano.
Agora vamos a ver se estes números se aguentam sem um declínio muito rápido.
Deixo as capas dos números dois e três de Batwoman em baixo.




















Boas leituras
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Lançamento Marvel: Ultimate Spider-Man #2


Polémicas à parte, o novo Spider-Man do universo Ultimate da Marvel está aí!
Não subscrevo algumas críticas derivadas da cor da pele, a mim apenas não encaixa! Foram muitos anos de Peter Parker… e se morreu, morreu!
Mas a Marvel tenta dois golpes comerciais de seguida, o primeiro com a morte de Peter Parker às mãos do Green Goblin, e de seguida um piscar de olhos às minorias, criando um novo herói com raízes africanas e hispânicas. Garantidamente as solicitações a estes títulos serão grandes!
Assim o jovem afro-latino Miles Morales irá combater a injustiça no seu novo fato de Homem-Aranha (um pouco diferente do normal de Peter Parker) e com certeza haverá vários motivos para criar estórias com base no racismo.
A capa da revista nº2 está no topo, e aqui por baixo ficam quatro páginas, sem balões, para vocês terem uma ideia da arte incluída nesta nova arrancada baseada nos poderes do Spider-Man!










































Por estas imagens ele parece ter poderes um pouco diferentes de Peter Parker!
Boas leituras!
Deixa o teu comentário

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Capas: Turma da Mônica 2009


Vieram-me as saudades dos livros da Abril em que líamos avidamente tudo quanto era do grande autor Maurício! Monica, Cebolinha, Cascão, Magali e Pelezinho faziam as delícias dos jovens nos anos 70/80.
Esta capa considero-a excelente, assim como a original! Bonita e apelativa para o público alvo. É assim que se faz uma capa!
Infelizmente os jovens portugueses afastaram-se destas leituras juvenis provocando um grande interregno na sua distribuição em Portugal. A Panini voltou a distribuir em Portugal tempos atrás a Turma da Mónica, assim como uma versão "mais velha" em formato Manga da publicação. Esta capa vem de uma das estórias que eu gostei mais: Romeu e Julieta!
A capa original de 1978 está aí à esquerda, assim como uma versão desenhada, e pintada, no quarto da minha irmã datada de 1982, pelo meu irmão. Já levou vários restauros ao longo dos anos, mas continua lá!








Boas leituras
Deixa o teu comentário

sábado, 20 de agosto de 2011

Where is Wall-E ?


Onde está o Wall-E????
Uma pequena brincadeira, e alguma nostalgia de alguns dos robôs aqui apresentados. Temos aqui protagonistas de BD, series de animação e cinema... muitos!
Desafio o pessoal a conseguir identificar os robôs presentes nesta ilustração!
Coloquei a mesma ilustração, mas numerada, para vocês irem identificando os vários personagens com o número e nome. Quero ver quem consegue identificar mais nomes!
Em baixo fica a lista dos resultados!


Where is Wall-E?
A little joke, and some nostalgia for some of the robots presented here. Here we have some Comics, animation series and movies characters ... many!
I challenge the people to identify all the robots in this illustration!
I put the same picture, but numbered, for you to identify the various characters with the number and name. I want to see who can identify more Robots!
The result list is bellow!

Boa sorte!
Good luck!

Já só faltam 48!!

1. Robot do Laputa (Laputa) – MAzevedo
2. Robot do Lost in Space (Lost in Space) – MAzevedo
3. Larry 3000 (Time Squad) – Henrikes
4.
5. Maximillian (Abismo Negro) – Filipe Azeredo
6. Robot John (Planeta Bur) - Henrikes
7. Gort (The Day the Earth Stood Still) – MAzevedo
8. Shani (Devil Girl From Mars) – Operário
9. Ro-Man (Robot Monster) – Chicken
10. Venutian (Target Earth) – Operário
11. Hector (Saturno 3) – Operário
12. Torg (Santa Claus Conquers the Martians) – Operário
13. Robot (The Vanishing Shadow) - Henrikes
14. Carl (Meet the Robinsons) – Operário
15. ED209 (Robocop) – MAzevedo
16. Robot (Vampire Over London) - Henrikes
17. Robot (Undersea Kingdom) - Henrikes
18. Robot (Lost in Space – Movie)
19. Terminator T-800 (Terminator) – MAzevedo
20. Saint Number 5 (Short Circuit) – Henrikes
21. Police Robot (THX 1183) – MAzevedo
22.
23. Robot (Starcrash) - Henrikes
24. Weeboo (Flubber) – DC
25.
26.
27. Tobor (Tobor the Great) – Chicken
28.
29. Tachikoma (Ghost in the Shell) – DC
30. Dot Matrix (Spaceballs) – Operário
31. Whellie (Transformers) – Optimus Prime
32. Jet Jaguar (Godzilla vs Megalon) – Operário
33. Scooter(Gobots) - Vidazinha
34. Robot Bill (Bill & Ted's Bogus Journey) – Operário
35. Robot Ted (Bill & Ted's Bogus Journey) – Operário
36.
37. Kryten (Red Dwarf) – Chicken
38.
39. Box (Logan’s Run) – Operário
40. Andy (Quark) - Vidazinha
41. Robby the Robot (Forbiden Planet) – MAzevedo
42. A.B.C. Warrior (Judge Dredd)
43. Maria (Metropolis) – Filipe Azeredo
44. C3PO (Star Wars) – MAzevedo
45.
46. Rodney (Robots) – MAzevedo
47. Zeta (The Zeta Project) - Toscossauro
48. Thundercleese (The Brak Show) - Vidazinha
49. Asimo (Robot da Honda) - Anónimo
50. Plex (Yo Gabba Gabba) - Lu9
51.
52. Gog (Gog) – Operário
53.
54. Cylon (New Galactica) – MAzevedo
55. Big Guy (Big Guy and Rusty the Boy Robot) – DC
56. QT-1 or Cutie ("The Prophet" 2ªSerie de "Out of the Unknown" de 1967) RARVA
57. Wheelie (Filmes Transformers) - Victor
58. Battle Droid (Star Wars) – MAzevedo
59. Robô Mordomo (Sleeper) – MAzevedo
60.
61.
62. Sentinela (Matrix) – MAzevedo
63. Skeletor Robot Knight (He-Man) - Toscossauro
64. Bender (Futurama) – Filipe Azeredo
65. EVE (Wall-E) – Filipe Azeredo
66. Homem de Lata (Feiticeiro de Oz) – MAzevedo
67. SloMo (Space Precinct) - Vidazinha
68.
69. M. A.R.K. 13 (Hardware) – Operário
70. Robô pequeno (Portal) – MAzevedo
71. X-5 (Atomic Betty) – Operário
72. Robot (A.I.) – DC
73. Calculon (Futurama) – MAzevedo
74. Cyberman (Dr Who) – DC
75. Cybermen (Dr Who) - Vidazinha
76.
77.
78. Robot (I Robot) – MAzevedo
79. NDR-114 (versão andróide do Andrew Martin, Homem Bicentenário) – Operário
80. Dalek (Dr Who) – Filipe Azeredo
81. Smash Robot - (Smash Advert) - Hugo Teixeira
82. Nomad (Star Trek) - Toscossauro
83.
84. Robert (Fireball XL5) - Toscossauro
85. Robot Jones (Whatever happened to Robot Jones) - Vidazinha
86. Robo Estuprador (Robot Chicken) - Sentapua - Jau/SP
87.
88.
89. Bubo (Clash of Titans) – Toscossauro
90. IQ9/Analyzer (Star Blazers/Space Battleship Yamato) - Vidazinha
91. Octus (Sym-Bionic Titan) - Sentapua - Jau/SP
92. Necron 99 (Wizards) - Henrikes
93. Blitz (C.O.P.S.) - Toscossauro
94. Marvin (Hitch-Hiker's Guide to the Galaxy - Série) - Fernando
95.
96. Haro (Gundam Seed) - T-Rodman
97. XR (Buzz Lightyear) - Lu9
98.
99. Evolver (Evolver) Rodrigo Saraiva
100.
101.
102. K-9 (o mesmo do Doctor Who mas na versão do spin-off "K-9", da disney) Vidazinha
103. Jinx (SpaceCamp) - Vidazinha
104.
105. Chum (Simpsons) Rodrigo Saraiva
106.Cylon (Galactica) – MAzevedo
107. Robo Sot/Moron (Robostory)- Vidazinha
108.Alpha (Power Rangers) – DC
109.Tik-Tok (Regresso a OZ) – Operário
110.Dog Robot (Wallace & Grommit) – MAzevedo
111.Cooker Robot (Wallace & Gromit) - Álvaro
112.Android (Google) – MAzevedo
113. Screech (Save by the Bell) Rodrigo Saraiva
114. Dick Spanner (Dick Spanner P.I.) Rodrigo Saraiva
115.Robô Adolescente (My Life as a Teenage Robot) - Lu9
116.790 (Lexx) - Vidazinha
117.Robot (Milagre da Rua 8) – MAzevedo ou "Fix It" Robot (Batteries not Included) - Chicken
118.Marvin (The Hitch Hikers Guide to the Galaxy) – Henrikes
119.Rosie (Jetsons) – MAzevedo
120.Blinky (Blinky, the Robot) - Anónimo
121.
122.Grounder (Sonic) - Jor
123.
124.Sico (Rocky IV) – Operário
125.
126.B.E.N. (Planeta do Tesouro) – Operário
127.
128.
129.
130.Robotboy – Henrikes
131.
132.Vincent (Abismo Negro) – Filipe Azeredo
133.Bad Robot (Mascote das produções JJ Abrams) – DC
134.Wall-E (Wall-E) – MAzevedo
135.K9 (Dr Who) – Henrikes
136.
137.
138.Henry (Mascote da Hoover) – Henrikes
139. Gir (Invader Zim) - Vidazinha
140.
141.H.E.R.B.I.E. (Fantastic Four) – DC
142.
143.Aspirador (Teletubbies) – DC
144.Nono (Ulisses 31) – Operário
145.Bee Bee (Deadly Friend) – Operário
146.Conky 2000 (Pee-Wee Playhouse) – Operário
147.
148.Muffit (Galactica) – MAzevedo
149.
150.
151.
152.
153.Tiny - (Little Robots) - Hugo Teixeira
154.Killbots (Chopping Mall) – Operário
155.Clank (Rachet & Clank) – MAzevedo
156.
157.Goddard (Jimmy Neutron) – Lu9
158.R2D2 (Star Wars) – MAzevedo
159.
160.Ludwig (ludwig) - Vidazinha
161.Diagnostic Repair Drone (Farscape) - Pedro
162.Zeroids (Terrahawks) - Vidazinha
163. Rover (Planet 151) – Henrikes
164. T-Bob (M.A.S.K) - Vidazinha
165.Cleaning Robot (Wall-E) – MAzevedo
166.Drone 02 Huey (Silent Running) – Operário
167.Drone 03 Louie (Silent Running) – Chicken
168.Drone 01 Dewey (Silent Running) – Operário
169.
170. Zax (Benji, Zax and the Alien Prince) - Toscossauro
171. Robotman - (Robotman & Friends) - Victor
172.
173.Robot Tom (Tom & Jerry) – Fernando
174.Tom Servo (Mystery Science Theater 3000) - Vidazinha
175.Twiki & Dr Theo (Buck Rogers no Sec. XXV) – Operário
176.Robot Jerry (Tom & Jerry) – Fernando
177.Cubes (Terrahawks) - Vidazinha
178.
179.Robô Operário (Starwars 1977) - Nicolas Rocha
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

História sem Heróis


O grande Van Hamme estava a dar os primeiros passos na sua carreira, apenas ainda tinha sido o autor dos textos de Corentin, resolve propor esta estória ao Journal de Tintin. A ideia foi aceite e o desenhador escolhido foi Dany, autor de Olivier Rameau, que resolveu fazer a experiência como artista num estilo mais realista. Daqui saiu o díptico de culto “História sem Heróis”.
Van Hamme, autor de XIII, Largo Winch, Thorgal, O Grande Poder do Chninkel, Lua de Guerra, e alguns livros de Blake & Mortimer, baseou-se um pouco no filme dos anos “60” “O Voo da Fénix” para escrever esta excelente estória. Não é fácil fazer um argumento destes para um único livro de 48 páginas sem parecer que foi feito a correr!
A narrativa corre fluida sem tempos mortos, nem atropelos, e para uma estória ficcional está bastante verosímil. Este livro deu um grande impulso na carreira de Van Hamme como escritor de Banda Desenhada! A partir daqui nunca mais parou, sendo um dos autores mais prolíficos da Banda Desenhada europeia.
Dany que tinha obtido êxito com o seu personagem Olivier Rameau (um traço mais caricatural) decide aqui exibir um estilo realista, um pouco colado ao grande William Vance (Bruno Brazil, XIII). Nos tempos mais actuais tivemos um livro dele, Transilvânia (editado pela Vitamina BD), também num estilo mais realista mas já com estilo muito próprio, e diga-se de passagem que eu gosto! Já gostava de Olivier Rameau quando saía na revista Tintim, mas gosto mais do Dany realista, infelizmente a obra dele nunca saiu muito em Portugal…
A estória roda à volta de um grupo de sobreviventes de um desastre aéreo e das relações, intrigas inter-pessoais, e vontade de sobrevivência. Dos cobardes, dos inteligentes e dos corajosos.
O avião despenha-se em plena selva amazónica sem hipóteses de um resgate exterior. O avião ia do Brasil para o Panamá transportando passageiros importantes, inclusivamente ditadores sul-americanos e conselheiros da ONU. O país de onde este ditador é oriundo é ficcional, Coruguay, e também o conselheiro da ONU vem de uma investigação neste suposto país.
O leque de personagens escolhidos é excelente: uma vedeta de cinema (norte-americano), um veterinário brasileiro, o presidente da junta militar do Coruguay e seu guarda-costas, um pianista de fama mundial, três homens de negócios norte-americanos, o filho de um riquíssimo industrial francês e sua preceptora (inglesa), uma professora do Panamá, o delegado da ONU no Coruguay, um homem de negócios de Singapura, um casal holandês de lapidadores de diamantes, e dois tripulantes do avião!
A mescla deste grupo é enorme, e assim conseguiu Van Hamme uma intriga muito interessante sobre relações humanas. As tensões são evidentes e grandes, provocadas logo por uma primeira morte, a falta de água potável e restantes víveres. A única coisa que o avião possuía em abundância era lona… Para sobreviverem a inteligência tem de imperar, mas logo à partida há personagens dentro do grupo que tratam de diminuir o número de sobreviventes para seu bem-estar futuro!
O título diz que é uma história sem heróis, mas não é correcto, pois todos eles (ou quase todos) são heróis à sua maneira!
Convido-vos a ler esta obra de culto da BD europeia, e convido também as editoras portuguesas a publicar o 2º e último volume com o título “ 20 anos Depois”.

Boas leituras

Nota: Este livro encontra-se bastantes vezes em leilão no Miau e Leilões.net

Hardcover
Criado por Van Hamme e Dany
Editado em 1980 pela Bertrand
Nota : 8,5 em 10
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Capas: Black Hole Nº4


Have to love it!
Capa espectacular do quarto número da série Black Hole de Charles Burns!
Esta capa, mal olhei para ela, agarrou-me logo! Toda a composição está excelente. A rapariga nua a comer uma sandes acocorada, exibindo uma pequena cauda … tudo isto com uma palete de cores muito boa!
Para quem não sabe, Black Hole é uma série bem negra que faz uma metáfora da A.I.D.S. (S.I.D.A.) bem arrepiante. É uma série em que os protagonistas são essencialmente jovens no despontar da sua sexualidade. Mas esta experiência no mundo sexual encontra um problema, uma horrível doença sexualmente transmissível chamada “The bug” provoca mutações nos jovens infectados. Estas mutações podem ser muito pequenas, quase imperceptíveis, como podem ser arrepiantemente grotescas. Uma grande obra de BD a preto e branco, que com certeza um dia passará pelo Leituras de BD mais profundamente.

Boas leituras!
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Ilustrações do novo título de Blake & Mortimer: Le Serment des 5 Lords


Já foi “soprado” qualquer coisa sobre o próximo livro desta série! Foi o blogue “A Filactera” que me chamou à atenção desta novidade.
Irá ter como autores Yves Sente e André Juillard e terá como título “Le Serment des 5 Lords”.
O blog Blake, Jacobs et Mortimer dedicado a estes dois heróis da BD europeia adiantou algumas imagens deste novo livro, ainda a preto e branco.
Isto foi uma amabilidade (que nós agradecemos) de André Juillard para com aquele blog, visto que pediu ajuda ao autor (do blogue) para lhe facultar informações sobre a estação de caminhos-de-ferro de Reading (Berkshire, Inglaterra), tal como era em 1919.
Como foi escrito atrás, a acção deste livro passa-se em 1919 e apresenta um novo personagem: o Professor Diging.
Ficam as duas vinhetas de apresentação!


Boas leituras!
Deixa o teu comentário

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Comics Milionários


Pois, ele há revistas que valem milhões!
Há poucos dias a revista nº1 do Captain America registou um novo recorde cimentando-se bem nos 10 Comics mais valiosos de sempre. Obteve a bela quantia de $343.000 Dólares.
Houve um senhor que se decidiu a fazer render aquilo que tinha em casa e acabou por ficar 1 milhão de dólares mais rico. As duas revistas que lhe renderam mais dinheiro foram exactamente a atrás falada do Captain America nº1 e o Action Comics nº10, que rendeu $258.000 Dólares!
A beleza destes Comics está no excelente estado de conservação dos mesmos, todos as revistas tinham um grade superior a 9.0 CGC (Comics Guaranty Company, LLC), o que para este tipo de revistas antigas é muito bom! Esta revista do Captain America foi considerada a segunda melhor existente até hoje, com um grade de 9.2 CGC.
Deixo aqui uma lista, que ainda não contem este número do Capitão América, mas tenham em atenção que estes Top 10 têm ligeiras variações dependendo do grade exigido ou mesmo de algumas variações do mercado (como esta revista do Cap. America).



1. Action Comics, No. 1 - Valor: $1,500,000
2. Detective Comics, No. 27 - Valor: $1,380,000
3. Superman, No. 1 - Valor: $671,000
4. All-American Comics, No. 16 - Valor: $430,000
5. Detective Comics, No. 1 - Valor: $405,000
6. Marvel Comics, No. 1- Valor: $367,000
7. Batman, No. 1 - Valor: $359,000
8. More Fun Comics, No. 52 - Valor: $316,000
9. Flash Comics, No. 1 - Valor: $289,000
10. Amazing Fantasy, No. 15 - Valor: $280,000



Isto serve apenas de referência e o valor está em Dólares. Neste caso o Captain America nº1 irá para o 8º lugar da tabela. Existem bastantes flutuações de valor e rank devido ao grade CGC que cada um possa apresentar. O Valor do Grade CGC vai do 10.0 (Gem Mint) a 0.5 (Poor).
Se quiserem saber mais sobre esta avaliação do valor das revistas cliquem neste link: Certified Guaranty Company, LLC - CGC

Boas leituras, e guardem uns livrinhos para quando forem velhotes!

Deixa o teu comentário

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Novo Universo DC: Linha Young Justice


Assim fica concluída a apresentação das 52 revistas "on-going" do novo DCU!
E esta é provavelmente a linha mais fraca de todas… A linha “Young Justice”.
Sempre gostei dos títulos dos Teen Titans, mas acho que esta grelha de heróis é um pouco fraca, falta lá qualquer coisa…
Hawk and Dove sempre foi uma dupla que eu gostei, aliás tiverem muito bem em “Blackest Night” e agora em “Brightest Day”, mas… este "mas" tem a ver com o desenhador! Rob Liefeld.
Já toda a gente conhece as violações que este homem faz à anatomia humana, e sinceramente depois de ver algumas ilustrações do Hawk desenhado por ele, os meus receios de certeza que se irão tornar realidade.
Desta série de títulos o único que à primeira vista me parece mesmo interessante é mesmo “Legion Lost”.
A lista de títulos é:
- Teen Titans
- Static Shock
- Hawk & Dove
- Blue Beetle
- Legion of Super Heroes
- Legion Lost
Passamos então à apresentação individual:

Teen Titans


Tim Drake, antigo companheiro de Batman e conhecido agora como Red Robin, está de volta à acção!
Uma organização malévola tenta raptar, e obrigar a cooperar com ela, jovens com super poderes. Red Robin para se opor a esta organização vai ter de juntar forças com a beligerante, e super poderosa, ladra Wonder Girl e com o hiper activo velocista Kid Flash! Eles, juntamente com outros poderosos jovens torturados irão combater contra uma arma viva, com raízes num outro mundo!
Escrita por Scott Lobdell
Arte por Brett Booth e Norm Rapmund

Static Shock


Um brilhante e estranho estudante transforma-se no poderoso Static Shock!
Uma misteriosa tragédia força a família Hawkins a mudar-se do Dakota para Nova Iorque.
Virgil, como Static, desenha um novo uniforme e estabelece uma base secreta para as suas operações. Mas será que ele está pronto a lutar contra o crime que grassa nesta cidade?
Escrita por Scott McDaniel e John Rozum
Arte por Andy Owens e Scott McDaniel

Hawk & Dove


Hank Hall não está contente! Não está contente com a sua nova parceira de luta contra o crime, Dawn Granger, nem está contente por ela andar a sair com o herói fantasma Deadman… Por fim, Hank não está contente por saber que alguém está a mergulhar os EUA numa nova guerra civil!
Agora está nas mãos de Hawk e Dove investigarem e resolverem este problema, antes que o território dos USA se transforme numa terra destruída pela guerra.
Escrita por Sterling Gates
Arte por Rob Liefeld

Blue Beetle


Não é fácil ser Jaime Reyes. Tem de lidar com o liceu, com a família e com todos os dramas de ser um adolescente. Para além disso está simbioticamente ligado a um escaravelho criado por uma raça alienígena chamado Reach, cujo objectivo desta raça é anexar, ou destruir, outros planetas.
Está nas mãos de um adolescente ser o instrumento de aniquilação ou uma força do bem!
Escrita por Tony Bedard
Arte por Ig Guara e Ruy José

Legion of Super Heroes


A Legião de Super heróis foi dizimada pelo maior desastre da sua história!
Agora os estudante da Legion Academy deverão erguer-se e ajudar no desafio de formar esta super equipa novamente. Mas nesta altura de reconstrução uma nova ameaça surge no espaço! Se estes novos recrutas falharem, pode bem ser o fim da Legião…
Escrita por Paul Levitz
Arte por Francis Portela

Legion Lost


Sete heróis do século 31 voltam aos nossos dias para salvarem a Terra do seu futuro da aniquilação total.
Mas quando a tecnologia que eles trazem do futura falha… eles ficam presos numa ratoeira de onde não podem sair: um mundo de pesadelo onde eles têm de lutar pela sobrevivência a todo o custo!
Escrita por Fabian Nicieza
Arte por Pete Woods

Podem ver os outros links relacionados em:
Novo Universo DC: Linha Superman
Novo Universo DC: Linha Batman
Novo Universo DC: Linha Green Lantern
Novo Universo DC: Linha Justice League
Novo Universo DC: Linha The Dark
Novo Universo DC: Linha The Edge

Boas leituras!
(Agora vou ver o filme do Captain America!)
;)

Deixa o teu comentário

domingo, 14 de agosto de 2011

Soul Eater ソウルイーター : Vol.1 ao Vol.6


Este Manga tipicamente Shounen, ou seja para rapazes adolescentes, iniciou a sua publicação em 2003. Foi apresentada com três “one-shots” nos magazines japoneses Gangan Powered e Gangan Wing. O sucesso dos três “one-shot” (Soul Eater, Black Star e Death the Kid) foi tão grande que acabou por iniciar a sua publicação regular no Monthly Shōnen Gangan até hoje.
O autor é Atsushi Ōkubo 大久保 篤, que não tem outros trabalhos notáveis sem ser Soul Eater. Começou este trabalho após finalizar um Manga sem grande sucesso: B.Ichi. Este autor diz que algumas das personagens são inspiradas em facetas da sua personalidade, outros da sua imaginação, claro. Como é costume em muitos Mangas alguns autores fazem uma espécie de homenagem aos seus autores/trabalhos preferidos, colocando pormenores destes nos seus próprios trabalhos. Neste caso temos o Sol e a Lua sorridentes que foram inspirados no Manga Dr. Slump de Akira Toriyama (autor de Dragon Ball), isto para além de cenários de Death City que têm inspiração em filmes de Lynch e Burton.
A sua publicação em inglês está a ser feita pela Yen Press e conta neste momento com seis volumes editados, estando mais dois agendados para os próximos meses.
O desenho de Atsushi Ōkubo é bastante estilizado focando-se em cenas de acção em alta velocidade, alternadas por vezes com cenários bastante bem trabalhados. Tem cenas “sexy” próprias para adolescentes, quase sempre protagonizados por Tsubaki (a arma viva de Black Star) e pela “bruxa” Blair (Blair Witch), que afinal não é uma bruxa, mas sim uma gata especial!
Os aprendizes da escola “Death Weapon Meister Academy” (DWMA) e alguns dos seus professores são os protagonistas. Nesta escola é ensinado aos aprendizes humanos que possuem uma “arma viva” a tornarem-se mestres, assim como as próprias armas sobem no rank. Estas armas quando não usadas têm aspecto humano, mas quando o seu mestre as chama para a batalha assumem a forma de armas letais!
Para serem promovidos a mestres terão de conseguir capturar 99 almas humanas (escolhidas pelo mestre Shinigami, como indivíduos maus) e a alma de uma Bruxa.
Assim temos três duplas principais, Maka com a arma Soul Eater, Black Star com Tsubaki e Death the Kid com Liz e Patty. De notar que as "armas" normalmente têm personalidades quase opostas aos seus mestres, o que é uma mais-valia para a narrativa!
Nestes primeiros seis volumes foi feita a apresentação das personagens, dos espaços de acção, e conclui-se o primeiro arco: a luta contra a bruxa Medusa e o seu grupo.
É uma leitura muito agradável, por vezes com excelentes pormenores. Diversão garantida, como convém a um Shounen!
Este Manga também foi aproveitado para um Anime, e jogos para computador/consola, devido ao seu sucesso. O Anime começa a divergir do Manga durante a luta entre o Professor Stein e a Bruxa Medusa (sexto volume do Manga).



Boas leituras!

Tankobon
Criado por: Atsushi Ōkubo 大久保 篤
Editado entre 2009 e 2011 pela Yen Press
Nota: 7,5 em 10
Deixa o teu comentário