sábado, 3 de janeiro de 2009

Comanche


E o ano começa com uma série de culto produzida na Europa: Comanche!
Os seus autores são mais do que conhecidos, são lendas da Banda Desenhada Franco-Belga: Greg (textos) e Hermann (desenho). O primeiro deve ter sido o mais prolífico autor de estórias e personagens da BD europeia (Comanche, Spirou e Fantásio, Modeste e Pompon, Bernard Prince, Luc Orient, Olivier Rameau, Clifton, Corentin, Os Náufragos de Arroyoka, Clorofila, Bruno Brazil, etc) e isto para além de ser o desenhador de Achille Talon. Faleceu em 1999... O segundo continua a ser editado em português, sendo o seu último livro editado cá, O Diabo dos Sete Mares Vol.1 , mas contando com muitas outras traduções para português deste artista: Bernard Prince, Comanche, Jugurtha, As Torres de Bois-Maury, Jérémiah, Caatinga, Mataram Wild Bill, etc...
Esta dupla funcionou até ao 10º volume desta série de 15 livros, Hermann abandonou a série no 10º volume por achar que as estórias de Greg se estavam a tornar "muito comerciais". A série Comanche ombreia sem problemas com Blueberry, apesar de diferente, há quem diga as que melhores estórias do Oeste americano (westerns) são Blueberry, Comanche e Tex (de notar que todas são de autores europeus...).
A série foi editada em português pela Bertrand e pela Distri. A ordem por que sairam cá foi quase aleatória... a ordem correcta é esta:
1 - Red Dust (Bertrand)
2 - Os Guerreiros do Desespero (Bertrand)
3 - Os Lobos de Wyoming (Bertrand)
4 - O Céu Está Vermelho Sobre Laramie (Bertrand) (Distri)
5 - O Deserto sem Luz (Revista Tintim nº20 ao nº31 do 9º ano)
6 - Fúria Rebelde (Bertrand)
7 - O Dedo do Diabo (Distri)
8 - Os Xerifes (Revista Tintim nº24 ao nº43 do 12º ano)
9 - E o Diabo Gritou de Alegria... (Distri)
10 - O Corpo de Algernon Brown (Distri)
11 - As Feras (Selecções BD 1ª Série do nº38 ao nº40)
12 - Le Dollar à Trois Faces (Dargaud)
13 - Le Carnaval Sauvage (Dargaud)
14 - Les Cavaliers du Rio Perdu (Dargaud)
15 - Red Dust Express (Dargaud)

A azul os álbuns não editados em português!
De notar que "O Deserto sem Luz", "Os Xerifes " e "As Feras" não saíram em formato álbum... os dois primeiros faziam parte dos números descritos acima da revista Tintim e "As Feras" noutra revista, Selecções da BD. Esta seria uma excelente série para ser publicada pela parceria Asa/Público! Tem qualidade, leitores e um número de livros que se coaduna com o que tem sido editado por esta parceria. É que há livros nesta série que atingem preços bastante altos, para além do "O Corpo de Algernon Brown " que atinge preço ao nível de "Mister Blueberry", ou seja, preços completamente loucos para livros de BD em português...
Quanto à estória, esta roda à volta do rancho 666 e dos seus ocupantes, principalmente Red Dust (capataz) e Comanche (proprietária). É claro que é um "Western", logo temos a construção da via férrea, Índios amigos, Índios não amigos, cidades típicas desta zona e época, bandidos do pior e grandes amizades/lealdades. A estrutura narrativa de Greg é excelente e em conjunto com a arte de Hermann conseguiram fazer uma série que fica entre as melhores da BD mundial. Fazendo a diferença com a outra grande série do género, Blueberry, temos o número de livros (Blueberry tem o dobro, e a série ainda não está fechada) e os arcos narrativos, ou seja, Blueberry pode-se considerar um arco de estória gigante, enquanto que Comanche vive de arcos mais pequenos e "one-shots", isto para além de que as aventuras do Tenente Blueberry sempre priveligiaram a relação entre a cavalaria americana com o resto do Oeste Americano com ênfase dado aos Índios; em Comanche é um rancho estratégicamente colocado entre Índios, o caminho de ferro e uma cidade tipicamente do Oeste, cheia de vícios, bébados e pistoleiros, isto para além dos bandidos "manga de alpaca".
De notar que o primeiro contacto que tive com esta série foi 1970/71 na revista Tintim (tinha acabado de aprender a ler), e a força das imagens nessa altura impressionou-me muito, mais do que Blueberry! Até à altura o que eu conhecia de Cowboys era a sua pretensa parte cavalheiresca, o seu aspecto limpinho e sua educação para com os outros... vaqueiros sujos, ruas sujas, pessoas mais parecidas com animais do que os próprios animais... eu ainda não tinha tido contacto com essa falta de "glamour" nos Westerns!
Se conseguirem álbuns desta série em alfarrabistas, aproveitem, sobretudo se estiverem a preços acessíveis!
Boas leituras.

Hardcover
Criado por: Michel "Greg" Reignier, Hermann Huppen, Michel Rouge e Rodolphe
Editado entre 1976 e 1988 por Distri Editora e Bertrand (nesta datas não foram incluídas as revistas)
Nota média da série : 9,5 em 10
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário