segunda-feira, 13 de outubro de 2008

JLA Vol.1 Deluxe Edition


Saiu este volume há uns tempos atrás e eu não resisti ,visto que um dos autores era Grant Morrisson, e eu não tinha nada da Justice League of America desse autor, um dos meus preferidos. Assim, esta edição maior (do tamanho das maiores da Marvel), compila os dois primeiros TPB da época Grant Morrisson, Howard Porter e John Dell: New World Order e American Dreams. Esta equipa criativa vai durar até ao sexto TPB (comic nº43), sendo a partir daqui substituídos por Mark Waid na escrita e na arte passa a não haver autor fixo.
Os títulos desta série andavam com vendas muito baixas quando a série foi entregue a Morrisson. Este usou uma nova abordagem ao grupo, limitando este aos seus mais emblemáticos heróis: Superman, Batman, Wonder Woman, Martian Manhunter, Green Lantern (Kyle Rainier), Aquaman e o Flash (Wally West, antigo Kid Flash). Com este grupo mais pequeno de herois, a acção está mais focada e esta liga só trata de assuntos "maiores"... os restantes "assuntos" ficam para as séries on-going de cada heroi, de qualquer modo aquilo que se passa nas respectivas séries de cada um, pode influênciar de algum modo a Justice League of America, por exemplo o uniforme azul e novos poderes do Super-Homem... eu nunca gostei do "tolinho" azul, mas mesmo assim prefiro-o no seu estado e uniforme normal a este Blue Superman (imagem à esquerda) !
No primeiro arco de estória estes heróis reúnem-se novamente para travar o Hyperclan, que aparece aos olhos do mundo como um grupo de heróis espaciais e benevolentes, que quer acabar com tudo quanto é mau na Terra, desde os desertos à fome passando pelo crime, etc. É claro que têm a sua própria agenda... !
Na segunda estória um novo Superman é apresentado, com novos poderes baseados em novas energias (o novo fato funciona como contentor aos novos poderes energéticos), e a Liga tem resolver um problema "celestial", ou seja, é apanhada no centro de uma guerra entre o "Céu" e o "Inferno", com anjos caídos à mistura...
No que respeita à qualidade do argumento, é bom, corre com fluência e sem muitos tempos mortos. A arte está à altura do argumento, e parabéns a Grant Morrisson que conseguiu tirar a Liga da Justiça do marasmo em que se encontrava quando lhe pegou.

Hardcover
Criado por: Grant Morrisson, Howard Porter e John Dell
Editado em 2008 pela DC Comics
Comprado na Amazon
Nota : 8,5 em 10
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário