sábado, 5 de novembro de 2016

Jessica Jones - Alias Vol.2



Alias (Jessica Jones) foi a primeira série da linha MAX da Marvel, a sua vertente para adultos, e pelos vistos foi a primeira vez também que logo na primeira página se lê um “Foda-se” num livro da Marvel (logo para abrir na primeira página). A linguagem é para adultos, o sexo é apenas implícito.
A G.floy está a editar a série (quatro volumes) e neste Amadora BD lança mais um volume, o segundo livro da série.

Jessica Jones é uma personagem de segunda linha da Marvel, que teve alguma preponderância quando começaram a ser publicados os New Avengers e os eventos Guerra Civil e Invasão Secreta, estando casada na altura com Lucas Cage. Alias é anterior a isso.

Inicialmente Jessica foi criada por Stan Lee e Steve Ditko, na revista Amazing Spider-Man #4 em 1963. Ganha os seus poderes num acidente de viação entre o carro que levava a sua família e um camião com produtos tóxicos. A sua família falece no acidente e Jessica fica em estado coma até acordar devido a uma erupção de energia no primeiro encontro entre os FF4 e Galactus. Esta situação fez despoletar os seus poderes.
É enviada para um orfanato, sendo adoptada pela família Jones.
Teve vários Alias, como Jewel, Power Woman ou Knightress.

Foi recriada por Bendis e Gaydos exactamente com este Alias, tendo abandonado os uniformes de super-herói, e trabalhando como detective particular. E é com esta profissão que Bendis faz navegar Jessica Jones ao longo dos quatro volumes da série.

O argumento de Bendis como história até agora tem sido bastante bom, mas tem falta de alguma acção. A maior parte das cenas têm sido no interior, e aqui Bendis abusa bastante das “cabeças falantes”

No que respeita a Gaydos, conheci este desenhador na série Snake Woman, e a minha opinião é a mesma. Não é propriamente o meu tipo de arte, mas vai bem com histórias deste género. Agora, acho que abusou da reutilização de alguns painéis, embora de exteriores eu ainda acho normal, agora em expressões faciais… é preguiça! E não ajuda nada às “cabeças falantes” de Bendias existirem expressões iguais.

Neste livro Jessica vai tratar de um caso de uma rapariga desaparecida, numa cidade interior em que o povo é bastante religioso, e preconceituoso com a diferença. Depois temos um encontro com o Ant Man que não deixa de ser um arco bem disposto numa série noir


A minha opinião? Gosto bastante.
Para quem gosta de crime noir, com linguagem “vernácula” este série não vai desiludir.

Já agora, a série da Netflix foi baseada nesta recriação da personagem por Brian Michael Bendis.

"You shoot that gun at me... I will pull that bullet out of my ruined four hundred dollar leather jacket...and I will shove it up your ass with my pinky finger. And which one of us do you think that will hurt more?

- Jessica Jones quotes

Fiquem com o press release da G.Floy:

ALIAS volume 2
Argumento de BRIAN MICHAEL BENDIS e arte de MICHAEL GAYDOS

TUDO O QUE ELA QUERIA, ERA TER SIDO UMA SUPER-HEROÍNA.

As aventuras da Vingadora que se tornou detective privada continuam em mais dois casos. Jessica Jones viaja para uma pequena cidade do interior, uma cidade cheia de preconceitos e racismo, para investigar a desaparição de uma adolescente que todos acreditam ser uma mutante... mas será mesmo? E, logo depois, a nossa investigadora azarada vai sair num encontro com... o Homem-Formiga?!

Continuam as aventuras da heroína de banda desenhada da Marvel que deu origem à série de TV
da NETFLIX com o mesmo nome! Alias volume 2 apresenta-nos mais dois casos da vida da super-heroína que abandonou os Vingadores para se tornar detective. E inclui também um dos mais aclamados números de sempre da série, e considerado uma das histórias curtas mais importantes da década em que saiu, o número 10 da série:

J. Jonah Jameson contrata Jessica Jones para descobrir a identidade secreta do Homem-Aranha, usando as suas conexões com outros super-heróis! Pela primeira vez ouvimos falar do passado de Jessica como heroína, mas Jessica engendra um plano... diabólico. Contada de modo diferente do habitual, em painéis experimentais de uma página, pintados a aguarela, e focando o diálogo rápido, divertido e feroz que era a marca de Bendis na altura, como se estivéssemos a ver um ecrã de TV, este história curta foi escolhida pela revista Wizard como um dos 100 melhores números de sempre dos comics.



Inclui um extenso caderno de esboços e arte de DAVID MACK, o criador das capas da série

ALIAS volume 2
Brian Michael bendis e Michael Gaydos
Reúne os #10 a #15 da série original de ALIAS
Álbum, formato comic, 152 pgs a cores, capa dura. PVP: 12,99€
ISBN: 978-84-16510-22-1


Boas leituras





Deixa o teu comentário

Enviar um comentário