sexta-feira, 28 de junho de 2013

Lançamento Levoir / Público: Super-Heróis DC Comics


Aí está a colecção mais aguardada deste Verão!
A Levoir está em grande actividade nesta estação de calor, depois do lançamento da colecção da Turma da Mônica, eis que surge o anúncio com datas, preços e títulos que compõem esta colecção.

A capa que está no topo do post é referente ao primeiro volume da colecção, e apresento mais abaixo também as capas dos volumes 2 e 3.

Esta colecção vai ter o seu início em 11 de Julho, saindo sempre à 5ª Feira.
São 20 volumes que correm vários heróis DC Comics, e também alguns eventos famosos como Crise nas Terras Infinitas e Crise de Identidade (excelente).
O preço de cada livro será 8,90€, excepto o primeiro volume que terá o simpático preço de 4,90€.

A lista de títulos é a seguinte:


  1. Liga da Justiça: Terra 2
  2. Batman: Herança Maldita
  3. Super-Homem: Pelo Amanhã volume 1
  4. Super-Homem: Pelo Amanhã volume 2
  5. Joker: O Último a Rir
  6. Mulher-Maravilha: Quem é a Mulher Maravilha?
  7. Universo DC: Crise nas Terras Infinitas volume 1
  8. Universo DC: Crise nas Terras Infinitas volume 2
  9. Batman: Saga de Ra' al Ghul
  10. Lanterna Verde/Arqueiro Verde: Inocência Perdida
  11. Flash: Renascer
  12. Arqueiro Verde: Os Caçadores
  13. Liga da Justiça: Crise de Identidade volume 1
  14. Liga da Justiça: Crise de Identidade volume 2
  15. Superman/Batman: Os Melhores do Mundo
  16. Batwoman: Elegia
  17. Lanterna Verde: Origem Secreta
  18. Batman: Outros Mundos
  19. Super-Homem: Legião dos Super-Heróis
  20. Superman/Batman: A Rapariga de Krypton







Estão aqui títulos muito bons, dos quais eu destaco Crise de Identidade, Inocência Perdida, Elegia e Pelo Amanhã.



De um modo geral, acho esta colecção bastante boa!
De notar que a Levoir está a trabalhar neste momento em colecções de BD com três jornais diferentes: Público, Diário de Notícias e Jornal de Notícias!

Digam de vossa justiça!


Boas leituras
Deixa o teu comentário

165 comentários:

  1. Só é pena já ter a maioria dessas histórias... Isso e o facto de a primeira capa não condizer em nada com a série Earth 2... Parece mesmo que alguém tirou uma foto do google e meteu ali sem se dar ao trabalho de ler a história...

    ResponderEliminar
  2. DavidB.
    Também tenho alguns, mas estão aqui alguns que eu tinha em wishlist!
    A capa do Terra 2 é muito parecida com a capa original, excepto na cor de fundo (branca no original).
    ;)

    ResponderEliminar
  3. http://jlurevisited.files.wordpress.com/2010/01/hr_jla_earth_2-000.jpg

    Não devemos ter a mesma capa...
    Nem sequer é do mesmo artista... A capa do Earth 2 basicamente servia para mostrar as diferenças entre os vilões da Earth 2(antimatter universe) e os heróis a que estamos habituados, aqui isso ficou perdido. Já para não falar que era o Kyle Rayner o Green Lantern nessa altura e não o John Stewart. =P

    Posso estar a ser petty, mas não vejo porque não usar a capa original ou uma das 3000 imagens dentro do livro...

    ResponderEliminar
  4. Adoro a coleção.
    Desta lista tenho só o HC do Super-Homem: Pelo Amanhã. Mas vou comprá-los todos.
    Juntamente com a coleção da Guerra das Estrelas, começo é a não ter sítio onde guardar tantos livros (lol).

    ResponderEliminar
  5. DavidB.
    Quando falei que a capa era parecida, estava a falar na postura das personagens. O fundo é diferente, e esta da colecção tem mais personagens na capa. Se me perguntares se gosto... bem, acho que é a pior das 3 capas apresentadas!
    ;D

    ResponderEliminar
  6. Artur Martins
    Sim, acho que vale a pena! Acho que as escolhas dos títulos para uma colecção deste tipo foram bastante boas. Está muito equilibrada a colecção e tem bastantes títulos razoavelmente novos (pré-reboot new 52).
    Aliás, acho esta escolha bem mais equilibrada que a 1ª série da colecção da Marvel!
    ;)

    ResponderEliminar
  7. Cerca de metade deles também já tenho, mas são bem-vindos à mesma.

    Eles no 2º volume da Crise de Indentidade devem pôr uma 2ª história, porque a história da Crise deve ocupar cerca de 1/3 do volume. Os outros 2/3's poderão ser ocupados pela Liga da Justiça - Saga do Tornado, também de Brad Beltzer, o escritor da Crise de Identidade.

    ResponderEliminar
  8. excelente iniciativa.

    é este ritmo que se tem vindo a verificar no ultimo ano +- que elevam ou tentam elevar a bd no país.

    mas no filme fica a pergunta. onde vou arranjar tanto €€ para tanta coleção??

    ResponderEliminar
  9. Reignfire
    Não sei como irão fazer, mas seria uma boa possibilidade essa da Saga do Tornado. Bem, alguma coisa devem por para encher!
    :D

    ResponderEliminar
  10. musicslave
    Sim, tem sido um ano quente para as bancas!
    Senão vejamos:
    Star Wars
    Lucky Luke
    Marsupilami
    Mafalda
    Mônica
    Heróis DC Comics
    E isto para não falar dos Disneys da Goody e a distribuição do material Panini Brasil.
    As bancas, tabacarias e quiosques são os reis e as rainhas da BD em Portugal este ano, no número de publicações!
    A carteira... bem é o eterno problema...
    O ano passado não tínhamos problemas de escolha, este ano já temos que conviver a dúvida de qual colecção é que eu vou iniciar!
    A parte tramada é que todas elas são a bons preços!
    Este ano deixei cair o Lucky Luke, Marsupilami e Mafalda...
    :\

    ResponderEliminar
  11. eu não comprei ST w LL e a Mafalda so comprei o 1º, mas de resto tenho comprado tudo, não só porque como dizes, os preços são bons como as coleções também o são..

    ahh, e ja agora o teu blog +e tanto uma excelente forma de divulgação e não só, como também é uma desgraça para a minha carteira :D

    ResponderEliminar
  12. musicslave
    Só me podes responsabilizar pela divulgação, não assumo responsabilidades por carteiras alheias...
    ahahahhahah :D
    :P

    ResponderEliminar
  13. O Superman/Batman: Os Melhores do Mundo, não é inédito. Se fôr o que estou a pensar, este foi editado na coleção de Ouro dos Clássicos de banda Desenhada.
    Mas o título era só Super-Homem. Mas compra-se na mesma.

    ResponderEliminar
  14. Lá se vai a carteira toda :S
    Nuno sabes me dizer qual o titulo em ingles de :
    Batman: Herança Maldita
    Lanterna Verde/Arqueiro Verde: Inocência Perdida
    Superman/Batman: A Rapariga de Krypton
    procurei na net com traduçoes literais e nao literais e nao me apareceu nada...
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  15. Respiro de alivio por já ter muitos daqui, é que esta não vou conseguir fazer, salvo algumas excepções. Acho que era indiscutivel a importância desta colecção para a DC tb, há títulos muitos bons e outros que tenho pena não aparecerem, o normal no fundo.

    Mas já contava com isso, tenho mais livros DC que Marvel

    ResponderEliminar
  16. Artur Martins
    Não fiz essa colecção, portanto não te posso ajudar...
    :\

    ResponderEliminar
  17. mfabruno
    Agora não consigo ver todos, quando chegar a casa dou-te os títulos em inglês!
    ;)

    ResponderEliminar
  18. Loot
    Também tenho mais DC que Marvel, mas desta colecção só tenho as duas "Crises", o Secret Origin e o Elegy.
    ;)

    ResponderEliminar
  19. Bem, à partida, penso eu, estes lançamentos corresponderão aos seguintes tpb's / hc's:

    1 - JLA Earth 2 de Grant Morrison e Frank Quitely + JLA: Ultramarine Corps de Grant Morrison e Ed McGuiness

    2 - Batman & Son

    3 e 4 - Superman: For Tomorrow

    5 - Joker's Last Laugh de Chuck Dixon e Scott Beatty e vários - inédito até no Brasil, onde só saíram os tie-ins, penso eu

    6 - Wonder Woman: Who is Wonder Woman de Allan Heinberg e Terry Dodson

    7 e 8 - Crisis on the Infinite Earths de Marv Wolfman e George Perez

    9 - Batman: Tales of the Demon de Dennis O'Neil, Neal Adams, vários

    10 - Green Lantern / Green Arrow vol. 1 de Dennis O'Neil e Neal Adams

    11 - Flash Rebirth de Geoff Johns e Ethan van Sciver

    12 - Green Arrow - Longbow Hunters de Mike Grell

    13 - Identity Crisis parte 1 - Brad Meltzer e Rags Morales

    14 - Identity Crisis parte 2 + The Tornado's Path (?) de Brad Meltzer e Ed Benes

    15 - Superman / Batman: World's Finest de Dave Gibbons e Steve Rude

    16 - Batwoman: Elegy de Greg Rucka e J.H. Williams III

    17 - Green Lantern: Secret Origin de Geoff Johns e Ivan Reis

    18 - Batman: Other Realms de Scott e Bo Hampton + história Elseworlds?

    19 - Superman and the Legion of Super-Heroes de Geoff Johns e Gary Frank

    20 - Superman/Batman: Batgirl de Jeph Loeb e Michael Turner

    ResponderEliminar
  20. mfabruno ficam aqui os titulos em ingles:

    Batman: Herança Maldita
    Batman: Whatever Happened to the Caped Crusader?

    Lanterna Verde/Arqueiro Verde: Inocência Perdida

    Esta é mais dificil, vai ser sem dúvida uma colecção de issues da série Green lantern/green arrow dos anos 70 (desenhada pelo Neal Adams). Não digo que vão ser os issues todos porque seriam mais de 13...
    Não sei que issues vai ter, mas pelo nome tem de certeza o número 85 desta série que mostra o speedy (o sidekick do green arrow) a injectar drogas. Groundbreaking stuff para a época, e uma série excelente no geral pelo que eu ouvi dizer (apesar de só ter lido este tal número 85).


    Superman/Batman: A Rapariga de Krypton

    Superman/Batman Volume 2: Supergirl
    (calculo eu)

    ResponderEliminar
  21. DavidB agradeço a correção relativamente ao Batman - Herança Maldita. Eu como vi o nome de Grant Morrison em 1º e o de Andy Kubert, pensei que saísse o Batman & Son. Mas realmente essa capa corresponde à edição que referes. Provavelmente terá uma 2ª história, mais pequena escrita por Grant Morison.

    ResponderEliminar
  22. Eu gostei,parece que aprenderam algo na Levoir com a Serie 2 da Marvel.Menos nas capas são horrosas como nas outras.
    Eu como larguei Star Wars e não fiz nenhuma das outras coleçoes a esse nivel estou desafogado a esse nivel.O Ironico é colocarem no fim o 2 arco de Superman/Batman quando o 1 arco saiu na serie ouro no volume de Superman.Dessa lista já alguns como as Crises de Identidade,Flash Renasce,e a versão da Abril de Superman / Batman: World's Finest de Dave Gibbons e Steve Rude,e nas Panini o Superman e a Legion em papel de jornal e com mix lixo. :(

    ResponderEliminar
  23. Reignfire e DavidB.
    Obrigado, só agora entrei!

    O arco de história referida no Lanterna Verde/Arqueiro Verde: Inocência Perdida tem o nome de:
    "They say it'll Kill me... but they don´t say when!"

    O TPB onde foi compilado este arco é:
    Green Lantern/Green Arrow #6
    ;)

    ResponderEliminar
  24. mfabruno
    Tens os títulos todos em inglês nos comentários atrás, do Reignfire, DavidB e o meu anterior!
    ;)

    ResponderEliminar
  25. Optimus
    Eu também gostei destas escolhas. Não está mal não!
    Como disse atrás, bem melhor que as escolhas para a 1ª série da Marvel.
    Ora, os livros de que falas no fim do teu comentário são tudo importados do Brasil, portanto cá são inéditos, e para mais em bons HC!
    ;)

    ResponderEliminar
  26. São mais as que não tenho do que as que tenho, comprarei tudo na mesma, esperava mais coisas clássicas ma sboa colecção. Uma pena a ausência de Novos Titãs

    ResponderEliminar
  27. Coleção de respeito e me parece com um preço interessante. E no mais os livros são feitos por equipes criativas muito competentes.

    ResponderEliminar
  28. Ora bolas... não tenho carteira que chegue para isto.

    A austeridade dá cabo de um gajo.

    ResponderEliminar
  29. Hugo Silva
    Estás como eu!
    Também achei a selecção bastante boa!
    ;)

    ResponderEliminar
  30. João Roberto
    Menos de 9€ por um livro de capa dura com cerca de 200 páginas... é na realidade muito bom preço!
    ;)

    ResponderEliminar
  31. Operário
    Yep... com tanta coisa a sair para as bancas um tipo tem de fazer opções!
    :\

    ResponderEliminar
  32. Bela noticia! já não era sem tempo! Pena o fim da colecçao Marvel mas é comrpeensível...

    À 1ª vista um ponto negativo: andam um pocuo à volta do umbigo batman/superman (JL)

    Falharam a JLI, uns Green Lantern melhorzinhos e um Shazam por exemplo para não falar em Swamp Thing ...

    :P

    ResponderEliminar
  33. Respondendo ao never-ending-spleepy-eyes:

    1 - A DC há muito que merecia uma coleção destas. Pra quem é fã de comics em geral, esta coleção agrada. Pra os chamados Marvetes, ou decidem abrir horizontes, ou então, poupam dinheiro este ano.

    2 - Concordo que nesta coleção faltam coisas da DC: Shazam, Swamp Thing, Novos Titãs, Firestorm, Capitão Átomo, etc... mas a verdade é que são personagens bastante desconhecidos do grande público e compreende-se a opção de não pegar nesses. Já terem apostado em Flash, Mulher Maravilha, Batwoman e mesmo Liga da Justiça demonstra já alguma abertura pra outras coisas extra Batman e Superman. Green Arrow e Green Lantern tiveram aqui o seu lugar até porque o 1º deu origem a uma série de tv e o 2º a um filme no ano passado.

    ResponderEliminar
  34. Shazam merecia se fosse as histórias do Jeff Smith. Titans se fosse a fase do Johns ou um dos capítulos desenhado pelo Pérez. Swamp Thing é Vertigo... Agora Firestorm e Capitão Átomo? São figuras conhecidas, mas mesmo assim não me lembro de nada de relevo ao nível de tudo o resto publicado.

    A do Joker deve ser a mencionada anteriormente, do Chuck Dixon, mas se fosse a do Brubaker (Batman: The Man Who Laughs) ficaríamos mais bem servidos. Li o Batman do Neil Gaiman, e não me encheu as medidas... para ser sincero, nem o do Morrison. Mais depressa comprava o Batman - the Long Halloween, ou o Gotham Central (apesar de não ser verdadeiramente sobre o Batman), ou mesmo o Tower of Babel, com a JLA. De resto, quase tudo boas escolhas, inéditas em Portugal, que é o que se quer... agora pergunto-me, tirando o Superman, existem mais filmes DC planeados para este ano? Não... então porque é que não começam a colecção com um Superman? Um All-Star Superman, uma das histórias da fase do Johns, como o Secret Origin (o Secret Identity ou o Birthright também são boas...).

    ResponderEliminar
  35. Se esta coleção tiver o êxito que a da Marvel teve o ano passado, pode ser que a prologuem com mais 5 a 10 livros como também o fizeram o ano passado e aí acrescentem mais uns desses.
    Se isso acontecer, gostava que editassem All Star Superman, Batman the Long Halloween e o Batman Dark Victory.

    ResponderEliminar
  36. never-ending-spleepy-eyes
    É natural que anda mais à volta dessas duas personagens, são as mais conhecidas e vendáveis (e eles têm de vender).
    :D
    Mesmo assim tens um bom naipe de sagas e heróis!
    Swamp Thing nunca faria parte desta colecção, só no pós reboot passou para a linha DC normal, até aí era da Vertigo, e os títulos escolhidos são todos pre-reboot.
    ;)

    ResponderEliminar
  37. Reignfire
    Eles tinham de apostar em títulos mais fortes, pelo menos num primeiro passo. Se decidirem fazer uma 2ª série se calhar já terás títulos diferentes!
    ;)

    ResponderEliminar
  38. Dinis
    Concordo contigo em relação ao Firestorm e Capitão Átomo. São bastante secundárias para uma priemira fase.
    A Torre de Babel não é inédita em português, está editada pela Devir!
    ;)

    ResponderEliminar
  39. Bons palpites, reignfire. Mas em relação aos volumes do Joker e do Batman outros Mundos, erraram no conteúdo...
    A escolha era só universo DC de super-heróis, o que déixou de fora coisas como o Swamp Thing, hellblazer, ou Jonah Hex, que davam excelentes volumes.
    Talvez numa futura colecção...

    ResponderEliminar
  40. No Aquaman? Shame on them!

    De Lanterna Verde essa origem secreta é um bocado enfadonha.

    Preferia os primeiros números com arte do Carlos Pacheco que até mete o Green Arrow à mistura.´

    Carlos Pacheco é muito superior ao Ivan 'copia por cima do Alan Davis e Jim Lee' Reis

    Teen Titans?! Sempre os achei um bocado palermas, mas se fosse comtemplada provavelmente publicavam a excelente (not) fase do Liefeld.

    A colecção parece-me equilibrada até ao volume 6, depois começa a confusão com sagas cortadas a meio e arcos metidos à força no final para completar o livro.

    Já a colecção da Marvel tinha esse defeito.

    ResponderEliminar
  41. E sim Shazam faz muita falta.

    A série que foi publicada em Portugal merecia um hardcover, mas o do Jeff Smith então concordo plenamente que deveria aparecer mais tarde.

    De Wonderman também era interessante a graphic novel Hiketeia, nem que fosse para mostrar a toda a gente que o Batman até de mulheres apanha...LOL

    ResponderEliminar
  42. Sim, já sei, JML. Joker compila o de Brian Azzarello e Lee Bermejo e reedita do Killing Joker, e o do Batman são 3 histórias Elseworlds, donde nelas se inclui o Batman vs. Dracula.

    ResponderEliminar
  43. João Lameiras, uma curiosidade: sabes se parte das traduções continua entregue àqueles "pedreiros" que traduziram alguns livros da colecção da Marvel? E, pelo amor da santa em quem eu não acredito, mudem-me essa "coisa" que pretende ser a capa do Terra 2 (esse fundo é inenarrável, além de não ter qualquer lógica usarem a capa do JLA Classified, do Ed McGuinness, em vez de uma desenhada pelo Quitely).
    Abraço.

    ResponderEliminar
  44. Obrigado!
    Tenho de ver se vou trabalhar para conseguir fazer mais esta belíssima colecção!

    ResponderEliminar
  45. Olá Mário,

    Depende de quem são os pedreiros de que falas... Com excepção do Filipe Faria ( o escritor de fantasia), os tradutores são mais ou menos os mesmos da colecção anterior.
    A escolha final das capas é decisão do Público e da Levoir, como sempre foi. Umas vezes concordo com as escolhas deles, outras não, mas não tenho qualquer voto na matéria.

    Abraço,

    ResponderEliminar
  46. JML
    Fico à espera de uma colecção "Grandes Heróis Vertigo"!
    :D
    Não sei se seria muito viável comercialmente em Portugal, mas... engano-me muitas vezes!
    :)

    ResponderEliminar
  47. SketchbookPT
    No Aquaman... pois, mas também não estava à espera que houvesse!
    :D
    O Aquaman só se tornou muito interessante no pós-reboot, e nenhuma destas histórias pertence a esse momento cronológico!
    Não concordo contigo em relação ao Ivan Reis. Foi ele que desenhou o Aquaman pós-reboot e garantidamente foi um dos principais responsáveis pelo sucesso da personagem!
    Shazam só como momento nostálgico de uma 2ª série. Acho que nesta não teria cabimento.
    ;)

    ResponderEliminar
  48. Reignfire
    Yep... acho que vou oferecer o meu Piada Mortal da Devir a alguém que não faça esta colecção!
    :D

    ResponderEliminar
  49. Mário Freitas
    Presumo que sejam os mesmo. Nas colecções Marvel houve algumas traduções bastante más nalguns livros. (Infelizmente)
    :|

    ResponderEliminar
  50. mfabruno
    Se gostas, força nesse trabalho!
    Os livros não são caros, aliás, a relação preço/qualidade das publicações é muito boa!
    ;)

    ResponderEliminar
  51. JML
    O Filipe Faria foi acrescentado à lista de tradutores??
    :)

    ResponderEliminar
  52. Sim, Nuno.

    O Filipe faria foi fundamental para esta colecção e não só como tradutor, sendo, a par com o José de Freitas, quem mais volumes traduziu. Eu fiquei-me por 2, tal como na série 2 da Marvel.
    Mas o Filipe participou também na escolha do material a editar e fez a introdução de meia dúzia de volumes. Ele é super-fã da DC e os conhecimentos dele do Universo Dc foram preciosos.

    ResponderEliminar
  53. Excelente, excelente!
    Esta é muito provavelmente a 2ª melhor colecção do ano a ser editada em Portugal, sendo que a que mais me agradou foi "Comics Star Wars", que ainda durará até Julho de 2014.
    Gosto de "verões quentes" a nível editorial e este ano está em boa temperatura :D
    Parabéns à Levoir e aos parceiros pelas iniciativas!

    ResponderEliminar
  54. JML
    Se ele for bom tradutor, melhor ainda!
    :)
    Também sou muito mais fã da Dc do que da Marvel, neste momento.
    ;)

    ResponderEliminar
  55. Mauro ZiBex
    Garantidamente é um Verão quente, e ainda está apenas no início!
    Vamos a ver o que nos reserva o 2º semestre deste ano.
    :)

    ResponderEliminar
  56. mmm... excelentes volumes. Mas já que as coisas estão a melhorar tanto, e porque não a tal colecção Vertigo? Aí sim convertia-me totalmente ao esforço que algumas editoras estão a fazer :)

    ResponderEliminar
  57. Ao Mário Freitas,

    Entre colocar a capa do Frank Quitely e a do Ed McGuinness, eu optaria sempre pela última. Quitely corre o risco de ser assustador para clientes "civis", não por causa do tamanho do queixo, mas pela fluidez quase natural com que os personagens se movem. É muita coisa para eles "comerem" como entrada.

    ResponderEliminar
  58. Luis Sanches
    Estas coisas funcionam muito com a aceitação dos produtos apresentados. Se a aceitação destas colecções da levoir continuar a ser boa, e de preferência a aumentar, com certeza eles explorarão outras séries, e porque não uma da Vertigo?
    Para já temos esta, e espero que tenha sucesso comercial, depois logo se vê!
    ;)

    ResponderEliminar
  59. Paulo Costa
    Olha... para ser sincero não gosto de uma nem da outra. Nem a do Quitely nem a do McGuiness. Acho que a melhor opção na minha óptica seria uma imagem do interior, onde há páginas com ilustrações bem mais apelativas que qualquer uma dessas duas capas...
    :P

    ResponderEliminar
  60. Fixe. Alguns já tenho, mas outros não. Só é pena não haver nada do Fate :(

    ResponderEliminar
  61. Rui Esteves
    Penso que o Dr. Fate aparece na Crise nas Infinitas Terras!
    (Se bem me lembro...)
    :D

    ResponderEliminar
  62. Nuno

    Há muito material interessante de Aquaman antes do reboot.

    Fase Peter David (toda) e fase John Arcudi (argumento) / Patrick Gleason (arte)em que a cidade de San Diego é afundada e todos os seus habitantes se convertem em 'Aqua People'.

    Eu sei que foi uma fase obscura de 2005, mas tanto a equipa criativa como a trama são bem interessantes e acosenlho vivamente a experimentarem.

    ResponderEliminar

  63. Concordo plenamente com o Paulo Costa em relação à ilustração da capa do primeiro volume.

    Este primeiro volume, a preço reduzido, serve para apelar a atenção da miudagem que depois há-de chagar a paciência dos pais até que lhes o comprem.

    Ed Mcguiness é sempre uma aposta segura quando o objectivo é esse (por qualquer razão o Loeb anda sempre à volta dele).

    É da maneira que os putos vão atrás do ED e depois...PUMBA...INJECÇÃO de 100 PÁGINAS de ARTE SUPREMA do QUITELY.

    ResponderEliminar
  64. A seguir a isto, antes de Vertigo, que venha uma colecção Heróis da IMAGE COMICS.

    Volume de abertura: YOUNGBLOOD de Rob LIEFELD

    Não digam que não que todos compravam! Bwahaha!!

    ResponderEliminar

  65. Excelente coleção e boa escolha dos arcos. Fico com alguma pena de não termos a fase da mulher maravilha escrita e desenhada pelo grande george Perêz :( mas em compensação há muitos bons títulos.
    Confesso que apesar de ser mais Marvete, nestes ultimos anos a DC editou histórias mais maduras e interessantes que a marvel.

    Pode ser que se esta coleção vender bem sejam lançados uma 2ª série com os arcos Noite densa, Superman escrito por Richard Donner, e a origem secreta do super homem de Geof Johns.

    ResponderEliminar
  66. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  67. A mim Vertigo não me parece porque mesmo nos Usa tem titulos para 1 publico adulto e restrito que não parece ser o alvo desta coleçoes quanto mais popular melhor.Já a Herois image porque não com Spawn,Gen 13,Youngblood,Cyber Force e Wildstar e Witchblade e Haunt,Savage Dragon,va lá nao tem dominó na lombada.

    ResponderEliminar
  68. SketchbookPT
    Nunca achei o Aquaman grande coisa antes do reboot, tinha potencial mas nunca foi bem aproveitado. O reboot resolveu isso muito bem! Estou a adorar esta nova fase do Aquaman!
    ;)
    O mestre Rob???
    LOOOOOL
    (Vade retro...)
    :D

    ResponderEliminar
  69. jony da costa
    Neste momento consumo muito mais DC que Marvel, a Marvel caiu muito... aliás, da Marvel agora só tenho comprado mesmo são os calhamaços com as mega sagas compiladas para não ir perdendo o fio à meada...
    :D
    The Blackest Night não faz sentido publicar sem antes terem editado (pelo menos) Rebirth e Sinestro Corps War.
    :)

    ResponderEliminar
  70. Optimus
    Se houver nova série gostaria mesmo era de outra da DC, assim como fizeram da Marvel. Depois logo se via...
    :)

    ResponderEliminar
  71. Sim tens razão, antes de Noite densa seria necessário editar rebiirth e sinestro corps war...e quem sabe dia mais claro.
    quem sabe se ainda teremos essa sorte??
    de qualquer forma, quem acompanhou as edições mensais lançadas pela panini ficaria muito grato, pois ajudaria a preencher as lacunas.

    ResponderEliminar
  72. Quando falam em coleção Image com jornal, penso que devem estar a brincar com isso, só pode. Marvel e DC aconteceram porque a Panini já detém os direitos das 2 editoras e é só negociar com a Levoir. Material Image, teriam de adquirir possivelmente os direitos, título a título. E a Panini não adquire direitos de séries da Image no Brasil nem noutros países e iria logo fazê-lo em Portugal e logo pra gastar dinheiro numa coleção de 20 livros. E Image é uma editora completamente desconhecida dos portugueses, essa é que é a verdade. E o material Vertigo também é completamente desconhecido em Portugal. Há outro tipo de material que se poderia pensar, mas mesmo assim tem o seu risco: Turtles, Conan, Transformers, GI Joe, Aliens, Ghostbusters, Star Trek, Judge Dredd, ou seja algo de que o consumidor já conheça. Há que lembrar que estas coleções não são só prós poucos fãs de comics em Portugal, mas pretende-se que se atinja algo mais. Eu só digo, pra já, espero esta coleção da DC venda bem, e se assim for, ficarei bastante contente, porque DC vende sempre vendeu e continuará a vender menos que Marvel.

    ResponderEliminar
  73. jony da costa
    Olha... por mim até podiam publicar toda a linha Green Lantern numa única colecção! Eu sou fã!
    :D
    Mas duvido que comercialmente seja viável em Portugal...
    :P

    ResponderEliminar
  74. reignfire
    Acho que não haveria grande dificuldade em adquirir direitos sobre séries da Image, ou mesmo da Dark Horse. O grande problema é que os porque só se aventuraram no desconhecido do sec.XIV ao sec.XVII. A partir daí o português deixou de arriscar e querer ver coisas novas sem desconfiar delas...lol
    Por isso uma colecção Image seria sempre de um risco comercial que neste momento ninguém quer correr. A Top Cow de há uns 5 anos para cá tem tido excelentes arcos da Witchblade e Darkness, e tem tido uma grande expansão no seu universo com First Born, Broken Trinity e Artifacts.
    Infelizmente duvido que que os portugueses lhe pegassem...
    :\

    ResponderEliminar
  75. De acordo que aqueles 2 senhores é que vendem mais, mas mesmo nesses falharam historias ão importantes como:
    superman: death of superman
    Batman: Dark Knight Returns
    Batman: Year One
    Batman: The Long Halloween
    Batman: Man Who Laughs
    Batman: The Killing Joke
    Batman: Son of the Demon
    Batman: A Death in the Family
    Batman: Knightfall (volume 1, 2 e 3)

    e nos restante fica uma nota para uma possível 2ª colecção:

    shazam: Monster Society of Evil

    a JL dos oldshcool
    Justice Society of America: The Next Age
    Justice League of America: The Lightning Saga

    não sair JLI é uma falha enorme a meu ver! A viragem narrativa (mais "leve" e cómica) e as histórias mereciam..

    e a saga com o Darkseid:
    Legion of superheroes - The Great Darkness Saga

    não ir a um Aquaman pré-new 52 também acho uma grande falha. certamente que não é tudo enfadonho ou digno de anedota! :P hehe

    ResponderEliminar
  76. never-ending-spleepy-eyes
    Alguma coisa teria de ficar de fora... lol
    Seria impossível acorrer a todas as preferências dos leitores! Se os norte-americanos fizessem uma colecção deste género com 20 volumes seria com certeza diferente, porque o mercado é também diferente, mas muita gente iria dizer que era inadmissível o título A, B ou C não terem sido contemplados...
    De qualquer modo tenho a informar-te que pelo menos dois títulos que falas estão englobados em livros desta colecção:
    Batman: The Killing Joke está incluído no volume 5 e Batman: Son of the Demon está inserido no volume 9 desta colecção.
    ;)

    ResponderEliminar
  77. Nuno:
    - boa, não sabia dessas inclusões!! :)
    e claro que é impossível aradar a "gregos e troianos" ;) só mand os meus palpites como bom aficcionado! heheh

    - quanto a DC VS Marvel:
    tenho de concordar. Neste momento a DC tem títulos muito mais bem esgalhados. No entanto mais depressa ia a correr comprar outra colecção da Levoir se os clássicos fossem alguns que tenho em wishlist da marvel. hehe

    E no entano, tenho que mencionar estas colecções que continuo a seguir:
    - x-factor (que está no seu final)
    - cable & x-force
    - uncanny x -men

    curiosamente os restantes títulos da familia X parecem-me com uma narrativa mais teenager.mesmo aqueles com ligações a estes que mencionei (ok.. agora vou ser crucificado pelos fans :P ) mas estes 3 recomendo bastante.

    - Por falar em clássicos: nada do mestre Kirby? eu tenho a colecção do "fourth world" todo e adoro! (mas claro que para quem não conhece...) Isto é mesmo a minha parte de velho do restelo! ;)

    ResponderEliminar
  78. never-ending-spleepy-eyes
    OLha... os títulos "X" da Marvel são tantos que já ninguém se entende com eles! lol
    Isto dito por fãs!
    Da Marvel estou a pensar seriamente em me meter no Daredevil e Thor, são os únicos títulos que neste momento me puxam.
    O Fourth World a ser publicado numa colecção deste género iria ocupar um monte de volumes... penso que nunca iriam por aí... nem agora nem em alguma colecção deste género.
    ;)

    ResponderEliminar
  79. O relaunch do X-factor do peter david merece bem um tempinho, perde umas horinhas e passa os olhos por:

    Madrox: Multiple Choice
    X-Factor: The Longest Night
    X-Factor: Life and Death Matters

    e se não fiares agarrado pelo menos perdeste tempo com o que melhor se esreveu na marvel nos últimos tempos! :P

    ResponderEliminar
  80. Kirby na DC é muito estranho para sair num volume destes, seja Quarto Mundo, Kobra, Kamandi ou Demónio.

    ResponderEliminar
  81. Paulo Costa
    Concordo. Gostaria que editassem em português numa bela edição o 4º Mundo, mas numa série destas acho que nunca irá ser publicado.
    :\

    ResponderEliminar
  82. never-ending-spleepy-eyes
    Sei que houve uma altura em que me disseram que o X-Factor estava bom, mas depois começaram misturar esse título com os outros e aí desisti. Já não há cu para tanto crossover...
    ;)

    ResponderEliminar
  83. "defeca" nos crossovers, desde o 3º volume que o x-factor do peter david tem pernas para se aguentar sozinho! ;)

    fourth world é para ter todo mas não é coisa que acredite que saia por cá! Falei por gosto pelo kirby e pela edição mesmo! Lá em casa reina a edição HC (mas não recomendo pq o papel é aquele oldschoool fininho...) :(

    ResponderEliminar
  84. ... e por falar em Vertigo:

    "Gaiman's "Sandman: Overture" Spearheads Vertigo Rebuilding Initiative"

    quer isto dizer que swamp thing e animal man regressam à Vertigo

    ResponderEliminar
  85. "never-ending-spleepy-eyes disse...
    De acordo que aqueles 2 senhores é que vendem mais, mas mesmo nesses falharam historias tão importantes como:
    superman: death of superman
    Batman: Dark Knight Returns
    Batman: Year One
    Batman: The Long Halloween
    Batman: Man Who Laughs
    Batman: The Killing Joke
    Batman: Son of the Demon
    Batman: A Death in the Family
    Batman: Knightfall (volume 1, 2 e 3)"

    Das coisas que mencionas só o Batman: Long Halloween é que nunca saiu em PT-PT. O resto ou saiu pela Abril, ou Devir, ou numa coleção de jornal. E o Knightfall completo ocuparia 10 volumes numa coleção destas. E considero que há que dar primazia a material que nunca foi publicado cá.

    "Nuno Amado disse...
    reignfire
    Acho que não haveria grande dificuldade em adquirir direitos sobre séries da Image, ou mesmo da Dark Horse."

    Dificuldades não há nenhumas. Só obrigaria as editoras Panini e Levoir, a pagar direitos de séries de que não detêm. A vantagem das coleções Marvel e DC é que os direitos já estão pagos, só há mesmo é os custos de edição. E na verdade, respeitando à Image, só há uma série que valeria a pena publicar que é o Walking Dead do qual já sai cá por mão da Devir.

    ResponderEliminar
  86. never-ending-spleepy-eyes
    Lá está! Por isso é que a única série "X" que vou comprando, até ber, e o Astonishing X-Men precisamente porque passa ao lado da cronologia!
    ;)
    O X-Factor quando eu li alguma coisa estava ao sabor da cronogia Marvel, ou seja, a ser afectado pelos crossovers...
    :)

    ResponderEliminar
  87. never-ending-spleepy-eyes
    Esqueci de falar no teu comentário seguinte...
    Se fosse para publicar Sandman teria de ser uma série própria e num país como o nosso, seria de alto risco económico. As editoras têm de se defender, aqui em Portugal já não há margem para falhanços nos nichos de mercado...
    :\

    ResponderEliminar
  88. Reignfire
    A Panini só entra nas negociações sobre material Marvel e DC porque tem os direitos para a Língua Portuguesa. No caso da Image acho que já não seria assim e a editora falaria directamente com a Image (neste caso).
    Não sei se estou a cometer um erro, mas presumo que seja assim. Para além disso os direitos de séries das editoras mais pequenas dos EUA também são mais baratos que os dos dois gigantes (Marvel e DC).
    :)

    ResponderEliminar
  89. É praticamente isso. A Panini detém os direitos de Marvel pelo menos prá Europa e America Latina. Relativamente à DC, detém os direitos prás línguas portuguesa e alemã. E pelos vistos, de acordo com este site: http://licensingout.paninicomics.com/ também são representantes de Top Cow, e de alguns outros.

    ResponderEliminar
  90. Reignfire
    lol
    Esses tipos estão em todo o lado no mercado norte-americano!
    Não sabia que eles detinham direitos na linha Top Cow...
    ;)

    ResponderEliminar
  91. Gostaria que a publicação continuasse, depois dos 20 núimeros, com edições como "Superman: Red SOn", "All-Star Superman" ou mesmo uma reedição em capa dura do "Dark Knight returns", independentemente de posteriores publicações da história (Devir), em capa dura é outra coisa (para não falar que os livros da Devir começam a descolar...)

    ResponderEliminar
  92. ...quanto a comentários referentes a disputas entre DC e Marvel: sinceramente nunca entendi. Na realidade considero que quem gosta de comics gosta dos dois ou, pelo menos, começou por um ou outro lá atrás na infância, como tal, na realidade, para mim tanto faz. Nestas colecções, contudo, gostaria de ver publicações mistas: porque não uma colecção com DC, Marvel, Image, Dreamwave, Dark Horse tudo à mistura?? Desde que as histórias tenham qualidade, é tudo irrelevante. Gostaria de um volume dedicado ao dave McKean, outro ao Ashley Wood, outro ao QUitely, enfim, não trabalharam estes artistas para todas as editoras? Deixemo-nos de clubismos.

    ResponderEliminar
  93. Quanto às capas:
    são horríveis. Um conhecimento amador de Photoshop/Illustrator é suficiente para perceber que foram elaboradas por alguém completamente incompetetnte. Salvam-se as lombadas e o arranjo gráfico interior (colecção Marvel). Não consigo entender, com tantas fontes gratuitas, como é possível fazer um layout tão bruto (creio que é mesmo o nome) como esse - veja-se o último Hit-Girl, o layout é semelhante mas não existe esse horrível blur no título nem essa fonte cavalesca. Não entendo porque o Público até é um Jornal que nos tem habituado a boas composições.
    No final de contas... acaba por escapar e ficam bonitos na prateleira, mas quando se vê as edições originais até se nos dá uma volta nas entranhas.

    ResponderEliminar
  94. A
    Começando pelo fim... sim, não percebo as capas. O porquê de serem tão fracas. Sinceramente nunca percebi!
    :\

    No meu caso não grandes disputas em relação à Marvel ou DC. Eu consumo de tudo: Comics, Manga, BD Europeia, Fumetti, BD portuguesa, alternativa... enfim tudo o que me agrada. Em relação a essas duas editoras o que se passou foi que eu comprava bastante Marvel há uns anos, e agora não em detrimento de títulos DC Comics. Acho que a Casa das Ideias já deixou de o ser, em contrapartida descobri muitos títulos na DC que me saciaram! É apenas isso.
    ;)

    Se esta colecção da DC tiver o mesmo sucesso que as da Marvel, com certeza haverá uma 2ª série. Nessa hipotética 2ª série se calhar alguns dos títulos que falas poderão ser contemplados com a edição em português!
    All Star Superman devia ser publicado em português SIM!
    :)

    ResponderEliminar
  95. A disse...

    "Gostaria que a publicação continuasse, depois dos 20 núimeros, ... ou mesmo uma reedição em capa dura do "Dark Knight returns"

    Continuo com a minha opinião. Há que dar primazia a material que nunca saiu antes em Portugal, do que a reedições. Até porque é imenso o espólio de material que nunca saiu em PT-PT. E por cada reedição que é lançado, é menos um livro inédito que é lançado. E até é do interesse da própria editora lançar material inédito, porque se sabe que se não o fizer, são menos livros que vende.

    Se a vossa intenção é a de obter edições mais luxuosas das que já possuem, porque não compram as edições Absolute? Acho que ficariam ainda mais satisfeitos do que com supostas reedições em capa dura em coleções de jornal.

    ResponderEliminar
  96. reignfire: estou como o A, a mim muito dificilmente me apanham a gastar dinheiro sem ser em HC's e mesmo esses alguns enganam (papel do Fourth World, capas do Saga of the Swamp thing,....)


    Nuno: falei do Sandman pelo regresso do Neil e o novvo boost que dá á Vertigo, não tenho esperanças de títulos Vertigo numa colecção destas.

    ResponderEliminar
  97. Reignfire
    LOL , tenho muitos Absolutes...
    :D
    Também acho que se deve dar primazia a títulos inéditos, embora reedições de obras importantes que apenas foram editadas em formatinho também não fosse mau. Dou o exemplo de toda a saga da Morte do Super-Homem.
    ;)

    ResponderEliminar
  98. never-ending-spleepy-eyes
    Uma colecção Vertigo até poderia aparecer, mas primeiro teriam de sair uma série de colecções de sucesso para esta marca se afirmar, e então aí sim... os leitores estariam receptivos a outras propostas desta editora. Mas antes disso é preciso preparar um público fiel.
    ;)

    ResponderEliminar
  99. Nuno, nesse caso também estou de acordo.Também comprei o Arma X da coleção Marvel pra suplantar a edição da Abril em formatinho.

    O caso do DK Returns é diferente. Saiu pela Devir em formato americano em duas edições, papel plastificado, praí a 10 eur cada. De certeza que muitos que têm estas edições da Devir não iriam gastar mais dinheiro só pra ter uma edição mais luxuosa.

    ResponderEliminar
  100. Reignfire
    Sim eu tenho essas duas edições da Devir. Mas também tenho de dizer que são fraquitas... DK Returns merecia um tratamento bem melhor ao nível da edição por parte da Devir.
    ;)

    ResponderEliminar
  101. Tudo excelente. Uma coleçãp com o que de melhor já se produziu no universo DC. Crise nas Infinitas Terras em português e neste formato? é de sonho, muito sinceramente.

    ResponderEliminar
  102. SAM
    Não acho que seja "...o que de melhor já se produziu no universo DC.", mas tem muitos títulos que são excelentes. E Crise de Identidade é um deles, um dos melhores livros que já li dessa editora.
    ;)

    ResponderEliminar
  103. Nuno Amado:
    Nem de propósito, belíssimas capas dos últimos posts!

    Reignfire:
    Se a perspectiva for o acesso à informação na língua portuguesa, então concordo plenamente contigo. QUando digo que obras como o DK deveriam ser reeditadas, tem a ver com uma ideia que tenho em relação a um "plano nacional de leitura alargado"; existem obras que, pela sua natureza intemporal/clássica, deveriam estar sempre disponíveis para todas as pessoas em todas as livrarias. Se a reedição deverá acontecer numa colecção de jornal... aí concordo em pleno contigo, realmente, uma colecção desta natureza terá sempre uma antureza comnercial e, como tal, fara´sentido obras que vendam.

    Por outro lado lado existe o factor do preço (never-ending-sleep-eyes); num país como o nosso a maior parte das pessoas só terá acesso a determinadas obras em colecções como esta, com o preço mais acessível às nossas carteiras tugas. Os outros poderão sempre encomendar edições originais ou ficar pelos digital-comics (o que não é a mesma coisa).

    ResponderEliminar
  104. ...falando por mim, se pudesse compraria tudo original, nesse terreno utópico da terra da fantasia! Mas para mim, estas colecções são bem-vindas pela selecção, qualidade da encadernação/papel e, acima de tudo, pelo PREÇO.

    ResponderEliminar
  105. A
    Bem... eu se pudesse compraria tudo em português! lol
    Leio perfeitamente em inglês, mas não nada como ler na nossa língua. O cérebro já está formatado para o automático na língua mãe, e não tenho de fazer esforço algum para ler. Claro... há sempre o grave problema das traduções e adaptações deficientes, mas isso é um problema editorial em que na realidade o leitor não consegue fazer nada a não ser dizer alguns impropérios e insultar o tradutor...
    Acho esta colecção muito equilibrada em tudo. Nos conteúdos, no formato e no preço! Em relação ao preço tenho a dizer, porque já ouvi pessoas a dizer que não percebem porque estas colecções são tão baratas, que o IVA dos produtos que vão para os quiosques e tabacarias é bastante inferior ao IVA dos livros que vão para as livrarias... daí estarmos a ter uma grande actividade em parcerias com jornais! É que o IVA de livraria é um perfeito abuso neste momento...
    :\

    ResponderEliminar
  106. Como assim a Image não tem series melhores que WD,Tem Saga,tem Morning Glories que já é da Panini e tem 2 volumes editados no Brasil.O problema tal como a Vertigo é que são series que ocupam muitos volumes e serie uma serie só disso.
    Quanto as reediçoes não percebo as queixas com A Piada Mortal,DkR ate por são bds que leio quase todos os anos e estão bem boas a encadernação,tal como Batman Ano 1,são melhores que as wd que tem papel que se curva todo tanto é que ate o 1 volume dessa serie já teve reedição.
    Claro que tanto A Piada Mortal,DkR,Etc deviam estar sempre nas livrarias tal como Lucky Luck,Tintin,etc no Brasil a Panini já aprendeu isso falta saber se aqui tambem.
    Tambem serie engraçado ver a Levoir a fazer ediçoes proprias sem colaboração com jornal talvez ai as capas já não fossem horrosas.

    ResponderEliminar
  107. Optimus
    Não estás a ler os comentários. Ainda agora expliquei porque é que as editoras se estão a voltar para as bancas. Para além da possível maior massa compradora pagam um IVA muito mais reduzido, para além dos custos de colocar os livros nas livrarias... se a Levoir fizesse isso os livros saíriam a 16 ou 17€! Essa é um agrande diferença.
    :)
    Em relação às reedições... tens visto alguns desses livros à venda? Não? Eu também não.
    :P

    ResponderEliminar
  108. Com tantos comentários fica notório que somos órfãos de comic, mas infelizmente o nosso mercado não sustenta aquilo que tanto desejaríamos: Comics de outras editoras, fumettis, mais mangas e edições franco-belgas.

    Também eu adoraria ver material da image editado nestes moldes (algumas sagas da witchblade, drakness, hunter killer, morning glory etc...), mas sejamos sinceros....é um risco.

    Quanto a luta entre Marvel vs Dc, é simplesmente uma infantilidade. ambas abordam o género do super-heroi e são importantes na história da BD
    PEu sou daqueles que tem mais edições da marvel e procuro acompanhar várias edições da editora, mas a verdade é que tenho vindo a ficar desiludido pela casa das ideias e a Dc têm edições simplesmente brilhantes e viciantes.

    Quanto a capa ser mais ou menos bonita....paciência, quero muitas histórias em Português e com preço acessível.
    Como muitos desejo ver publicado all star superman, mais uns títulos do lanterna verde (ou as sagas :) blackest night....)Superman de Donner, Jonhs e Kuber, e o 4º mundo do REI JACK KIRBY.

    ResponderEliminar
  109. jony da costa
    Acho que a Levoir encontrou o caminho para publicar Comics. A fome de Comics é normal visto que a Devir trabalhou algo mal o assunto e depois parou ficando um espaço vazio durante muito anos. As edições brasileiras da Panini não satisfaziam em matéria de qualidade, daí o sucesso e interesse por estas colecções. Acho que a Levoir aprendeu com a primeira série da Marvel e já não cometeu os mesmos erros nas seguintes. Ainda bem!
    ;)

    ResponderEliminar
  110. Tendo em conta trabalho feito pela Levoir + trabalho feito pelos filmes e jogos, acho que faz todo o sentido ir ao baú buscar mais DC e Marvel no futuro.

    Se gostava de ver coisas da Vertigo, Dark Horse, Image,... claro. Mas se há risco em editar Marvel e DC então que dizer dessas editoras em termos de segmento de mercado...

    E continuo a dizer: a colecção Marvel não chegou a todo o país (questão de distribuição mesmo) e sei de muito boa gente que não está para encomendar da loja do Público. Sei que acabou eventualmente nas FNACs (a 1ª série apenas).

    ResponderEliminar
  111. never-ending-spleepy-eyes
    A distribuição é parte importante do sucesso de um título, sobretudo para as bancas e quiosques.
    Vi alguns livros da 1ª série na FNAC de Cascais, mas não mais que isso.
    Eu também gostaria de ver títulos da IDW, DH e Image numa colecção, mas também sei que o mercado não está para brincadeiras e no momento actual seria uma completa loucura...
    :\

    ResponderEliminar
  112. Na FNAC do GaiaShoping têm os livros todos da 1ª série. E penso que no site deles também se encontram lá para compra.

    ResponderEliminar
  113. Artur Martins
    E o preço é mesmo?
    Se for é mesmo para acabar com stoks, visto que com a FNAC e pelo preço dos quiosques a Levoir pouco ganhará!
    ;)

    ResponderEliminar
  114. Só descobri isto esta manhã ao ler o Público num café aqui de Lisboa.

    Com a coleção Star Wars e mais outros comics que compro todos os meses vais ser complicado fazer o dinheiro esticar para tudo, mas tenho que fazer esta coleção.

    Difícil vai ser também arranjar lugar para guardar todos estes livros...

    ResponderEliminar
  115. Paulo
    Ainda vais a tempo! LOL
    Realmente isto está a ficar complicado para a carteira. Também estou a comprar Star Wars, e mais umas quantas revistas... depois tenho os imporatados e alguns livros de Bd Europeia em atraso!
    -_-

    Quanto a lugar, isso por agora não aflige porque tenho uma divisão em minha casa só para BD!
    É a minha bedeteca particular...
    :D

    ResponderEliminar
  116. Artur martins,
    Nada contra a Fnac, mas a fnac não vendeu a 2ª série e está a tratar muito mal as editoras portuguesas que procuram lançar bd, e olha que comprei lá muitos comics e encomendei quase todas as minhas BD franco-belga.
    Quanto a coleção da Marvel publicado pela LEVOIR, os livros da 1º série estão esgotados, só se alguma fnac ou outra ainda tenha algo e não consta na base de dados:
    http://pesquisa.fnac.pt/Marvel-LeVoir/e38827
    de qualquer forma vou comprar através dos quiosques para ajudar quem realmente merece e assim possibilitar novas edições de comics.

    ResponderEliminar
  117. Jony da Costa
    Sim, eu também prefiro comprar às bancas do que esses abutres da FNAC que tão mal tratam as edições em português para além de pouco lucro deixarem à editora visto que cobram 50% do preço de capa normalmente... e ainda por cima escondem as edições portuguesas pondo os mesmo livros em francês ou inglês à frente dos que estão traduzidos em português. Agora estão a colher a guerra que fizeram contra o comercio tradicional... leia-se: estão a falir!
    :|

    ResponderEliminar
  118. Eu costumo comprar na FNAC por vários motivos.
    Os principais são que é a FNAC do GaiaShoping é o mais perto de minha casa; como tenho cartão FNAC tenho 10% de desconto sobre o preço de editor e posso mandar entregar em casa de graça pelos CTT.
    Penso que de momento também já não têm nenhum livro, que já está tudo esgotado. Mas no Natal vi todos os livros da 1ª série lá à venda (incluindo no site) ao preço de 8,90€ cada. Tanto é que um amigo meu deu-me o nº4 (Thor) pelo Natal e fui lá trocá-lo porque já o tinha.

    ResponderEliminar
  119. Artur Martins
    As FNAC deviam ser algo mais que simples centros comerciais, onde podes comprar livros, videojogos, computadores, etc
    Já que em conjunto com a Bertrand e a Bulhosa destruiram milhares de livrarias por este país fora, seria justo que tratassem melhor os livros e as edições portuguesas. Não o fazem.
    Se moras perto de uma FNAC é bom para ti! Por exemplo eu para encontrar um tenho de conduzir durante 15 Km se quiser comprar um livro de BD. A Bulhosa, que fica mais perto, cada vez tem menos BD e escolha...
    Antigamente tinha duas livrarias perto de casa onde podia comprar BD. Uma já não vende BD, nem outros livros, agora só material escolar, a outra deixou de ter BD porque ninguém distribui para lá... as superlivrarias asfixiaram estas livrarias de bairro! A estas duas eu conseguia ir a pé.
    Agora os livros que pareciam mais baratos ficam mais caross porque tenho de me meter dentro de um carro para me deslocar a uma livraria que tenha BD, logo ficam mais caro!
    :(

    ResponderEliminar
  120. É por esse motivo que acabo por mandar os livros vir da FNAC.
    Porque apesar de estar a cerca de 5/10 min de tudo, eu se quiser algo, tenho que ir de carro ou transportes públicos, porque moro numa zona rural de Vila Nova de Gaia. A livraria mais próxima de minha casa fica a cerca de 5/6 Km mas também deixaram de vender BD.

    ResponderEliminar
  121. Boas! Realmente estas escolhas não foram nada más... embora pudessem ter sido bem melhores! Estive a pesquisar e o 2º livro, "Herança Maldita", realmente engloba o "Batman & Son", do Morrison e o "Whatever Happened to the Caped Crusader" do Gaiman. Estranha escolha de juntar estes dois, pois a história do Gaiman é após a morte do Batman no Final Crisis! Já a do Morrison liga perfeitamente com o volume 9, "A Saga de Ra's Al Ghul", que tem a história "Son of the Demon". Será aí que vai nascer o romance entre Batman e Talia que trará ao mundo o Damian Wayne! O meu problema é que já tenho o original do Batman and Son... agora estou na dúvida em comprar só por causa da história do Gaiman, que também me parece muito boa!

    ResponderEliminar
  122. Artur Martins
    Tudo deixou de vender BD devido às grandes superfícies. Agora o resultado está à vista...
    :(

    ResponderEliminar
  123. Rui Rodrigues
    Whatever Happened to the Caped Crusader é um bom livro, que se gostas de Batman o deverás obter. Portanto aqui terás de ser prático! Mesmo que decidas comprar este livro no original ficará sempre mais caro do que comprares o da Levoir, que contem outra história que já possuis.
    ;D

    ResponderEliminar
  124. Nuno a Fnac já não vendeu o nº 5 do comic Walking dead e do manga Death Note, ambas editadas pela Devir.
    Adquiri estas 2 edições através de uma livraria. Quanto à Fnac, no inicio foi um mar de rosas, preços de bd super baratos, quantidades enormes de Bd´s, comics e mangas, mas neste momento pouco estão a vender. Realmente é bom comprar um livro com 10% de desconto, pena é a forma que a fnac utiliza para obter essa vantagem.de facto só dão lucro de 50% às editoras, não me admira nada o porquê de tantas edições ficarem pelo caminho (XIII, Gypsi, Escorpião, etc...)

    quanto a eterna questão se devem comprar nos quiosques ou esperar que sejam lançados pela Fnac:
    1- se os jornais não tiverem lucro acabam com esta iniciativa.
    2- A série II da marvel nunca chegou a ser comercializado pela Fnac (menos tiragens, logo menos sobras para serem vendidas e negociadas para a fnac???)
    3- se todos esperassem para comprar depois na fnac.....adeus posibilidades de uma 2ª série da DC. e principalmente adeus novos projetos.

    Agora cada um tem as sua razões e motivos. Afinal mando vir, na lingua francesa, todos os meus mangas e bd franco belga pela Fnac, pois é a que me dá maiores garantias e trabalha com a fnac francesa, logo editoras francesas.

    ResponderEliminar
  125. Os livros que saem na parcerias com os jornais, compro-os na hora. Não espero que saiam na FNAC. Na FNAC compro aqueles que teoricamente saem só para livrarias (como o caso do Walking Dead e do Death Note). A minha tia tem um quiosque à entrada do emprego dela e já combinei com ela (como das outras vezes) para me trazer os livros à quinta.

    ResponderEliminar
  126. Jony da Costa
    Por acaso ainda não tenho o vol.5 de Walking Dead... lol
    E na realidade também não o vi da última vez que fui à FNAC!
    O início de todas as grandes superfícies é SEMPRE um mar de rosas. Depois de ganharem os clientes e terem empurrado qualquer concorrência para o lado... fazem o que querem. Foi assim com o Jumbo e Continente, porque não com a FNAC?
    ;)
    Não se deve deixar de comprar nas tabacarias e bancas porque para as livrarias (tipo FNAC) só vai o que não vendeu. Portanto quanto melhor a venda nas bancas, menos probabilidade existe de aparecer nas livrarias. Se esperarem... arriscam-se a não encontrar!
    ;)

    ResponderEliminar
  127. Artur Martins
    Nem deves esperar pelas razões que apontei em cima!
    Podes ficar pendurado com alguns números...
    :D

    ResponderEliminar
  128. Finalmente vi a proposta para todas as capas desta colecção. Tenho que confessar que, apesar do layout terrível, as imagens escolhidas, no geral, até não são tão más como o preview fazia imaginar. Com excepçaõ dos volumes 1, 3, 11 e 19, as escolhas até são bastante interessantes e com bom aspecto, chegando a ter várias capas com imagema ocupar todo o espaço, ignorando a duvidosa combinação da "cor-de-fundo + imagem recortada"; contudo, mesmo quando acontece (com a excepçaõ dos números que referi) até me parece apropriada. Esperemos que esta amálgama gráfica tenha justificação no contexto de "experiência de mercado" pela Levoir e que no futuro tenhamos capas de imagem total, sem layouts duvidosos, com referência directa ao material contido no interior. Dito isto: fiquei feliz.

    ResponderEliminar
  129. https://www.facebook.com/media/set/?set=a.558581330865865.1073741828.153654638025205&type=1

    ResponderEliminar
  130. A
    Depois de ver as capas desta colecção, tenho de dizer que embora não sendo nada de transcendente são bem melhores que as das duas colecção Marvel. Ainda bem!
    Pode ser que para a próxima ainda sejam melhores!
    LOL
    :D

    ResponderEliminar
  131. Artur Martins
    Olha, o Reignfire já deu a dica no comentário em baixo do teu!
    ;)

    ResponderEliminar
  132. fica uma dica e a papinha feita (pela malta da CBR) para os senhores da levoir numa 2ª leva:

    Aquaman - http://goodcomics.comicbookresources.com/2011/11/27/the-greatest-aquaman-stories-ever-told/

    Darkseid - http://goodcomics.comicbookresources.com/2010/05/05/the-greatest-darkseid-stories-ever-told/

    ResponderEliminar
  133. never-ending-spleepy-eyes
    lol
    São boas dicas, mas não sei se serão escolhas da Levoir a haver uma série,
    visto que na maior parte das vezes são curtas para as 200 páginas, e eles não têm estado a fazer antologias. Embora ache que Final Crisis pudesse ser uma boa opção, assim como Brightest Day. Mas Brightest Day sem o resto que está por trás também não faz muito sentido! E em relação a Final Crisis... preferia o 52, embora já tenha o Omnibus...
    ;)

    ResponderEliminar
  134. hem? mas então não há compilações nestas edições?
    o Batman: The Killing Joke e Batman: Son of the Demon que disseste não são compilados com outro material?

    Ou são, mas foram editados já compilados nos states e aqui só reproduzem essas edições?

    De qualquer modo há ali coisas que cabiam bem como a Great Darkness saga, mas sim 52 e final crisis eram muito bemvindos (mas um tanto ao quanto grandes, não?), o monster society of evil do shazam,..
    há tanta coisa boa (tenhoa sensação que não serei o unico a cruzar os dedos por uma Justice League International em ediçõezinhas desstas... ;) )

    Mas olha para nós: ainda sem o 1º volume nas mãos e já a exigir mais 20!! Viva a Crise!! :P hehehe

    ResponderEliminar
  135. never-ending-spleepy-eyes
    São compilações de duas histórias. Naquelas presentes nos links que nos presentaste existem bastantes que são muito pequenas, e aí não seriam compilações de 2 histórias mas sim mais.
    ;P
    Espero que a colecção corra bastante bem para ter-mos uma 2ªsérie, aí já haveriam mais fãs satisfeitos de certeza!
    :D

    ResponderEliminar
  136. Espero que sim, o 1º já cá canta!
    :)
    Venha 2ª da DC e 3ª da Marvel!! (imagino que a sair venha com a 2ª leva de filmes que se avizinham para 2014)
    Pelo que tenho ouvido a da Marvel vendeu bastante bem e não se encontra a não ser na loja do público! (alguém confirma isto?)
    Espero que seja verdade e que a Levoir continue com esta boa oferta. Parabéns mais uma vez a essa malta pela iniciativa!

    ResponderEliminar
  137. never-ending-spleepy-eyes
    Só o comprarei mais logo no meu quiosque de eleição!
    :)
    E sim, parece que as colecções Marvel venderam bastante bem, o que é óptimo!
    ;)

    ResponderEliminar
  138. já agora, quanto a "compilações" de histórias, a DC fez uns volumes de "The Greatest Stories Ever Told" de Green Lantern, Superman, Shazam, Batman,.. que resultaram bastante bem.

    ResponderEliminar
  139. never-ending-spleepy-eyes
    Não podes comparar o mercado americano com a quase ausência de mercado em Portugal!
    ;D

    ResponderEliminar
  140. Gostava era de poder comprar já os 20 livros. Vai ser uma longa espera até completar a coleção.

    ResponderEliminar
  141. Artur Martins
    Olha eu não!
    Quase 200€ de uma só vez? Náh...
    :D

    ResponderEliminar
  142. Tenho uma dúvida... sera que alguém poderia colocar as datas dos livros? E é possível uma prancha por livro? Para mim, pelo menos, o estilo do grafismo é muito importante para saber se compro ou não o livro. Obrigado

    ResponderEliminar
  143. H.
    1 - 11/07
    2 - 18/07
    3 - 25/07
    4 - 01/08
    5 - 08/08
    6 - 15/08
    7 - 22/08
    8 - 29/08
    9 - 05/09
    10 - 12/09
    11 - 19/09
    12 - 26/09
    13 - 03/10
    14 - 10/10
    15 - 17/10
    16 - 24/10
    17 - 31/10
    18 - 07/11
    19 - 14/11
    20 - 21/11

    Quanto é grafismo não te posso valer. De qualquer modo quando falas em grafismo estás a referir-te ao desenho, ou à legendagem? Se for este último caso deverá ser bastante sememlhante às anteriores séries visto que a equipa é a mesma. Se for ao desenho... terás de esperar porque pelo menos eu não tenho grande parte destes livros. Penso que tenho apenas 8. Mas se procurares na internet encontras páginas em inglês de todas estas obras!
    ;)

    ResponderEliminar
  144. Bom, dc comics, marsupilami, star wars, alguns lançamentos, Mônica, importados... Aí aí....

    ResponderEliminar
  145. Diogosr1
    Pode-se dizer que é um ano de crise para a BD nas livrarias, mas garantidamente não o é para as bancas e quiosques!
    ;)

    ResponderEliminar
  146. Obrigado Nuno.

    Referia-me ao estilo de arte. No que diz respeito a comics... prefiro as coisas mais recentes. Tentei procurar algumas coisas no google images e não consegui encontrar imagens de todos... ou então eram álbuns que já teriam sido publicados nos anos 80. Fiquei um bocado confuse. Trata-se de nova publicação ou duma roupagem diferente às mesmas histórias? Se calhar, para muita gente, vou dizer algo que é um ultraje mas a verdade é que não tenho paciência nenhuma para aquele estilo anos 80 dos comics. Acho super seco e não dinâmico no que diz respeito a cenas de acção e mesmo à própria linguagem facial das personagens. Dito isto, se existirem histórias antigas como me parece que há... passarei esses livros.

    ResponderEliminar
  147. H.
    Os desenhos do interior são os mesmo que no original.
    Apenas te posso dizer que se fores por aí vais perder importantes livros que estão nessa colecção, como os dois marcos dos comics que lá se encontram:
    Crise nas Terras Infinitas
    Para todos os efeitos existe um "antes" e um "depois" desta saga. Muito importante para conhecer e perceber o universo DC actual.
    Lanterna Verde/Arqueiro Verde: Inocência Perdida
    Este volume contém o arco (Snow Bird Don't Fly) que marcou o fim da Silver Age e o início da Bronze Age. Foi um marco também porque foi a primeira vez que alguém ousou a não meter o símbolo nem respeitar o "Comics Code".
    ;)

    ResponderEliminar
  148. Bem, só quando comecei a ler o 1º livro é que compreendi a dimensão das criticas à capa! Pensava que era só a questão de gosto, mas... Que ENORME tiro ao lado! Quem é que adormeceu em serviço?!?
    :P

    ResponderEliminar
  149. never-ending-spleepy-eyes
    Definitivamente deve ser a pior capa da colecção. É mesmo bastante infeliz essa capa...
    E é logo a primeira da colecção!
    :\

    ResponderEliminar
  150. Exmos Srs da LEVOIR que haja por aí:
    parece-me um EXCELENTE momento para reconsiderar o meu pedido para um livro "Deadpool & Cable" para uma nova série marvel em final do ano/inicio de 2014. pensem lá bem na vida que a DC em cinemas não vai apanhar a mesma "boleia hehehe:

    http://www.craveonline.com/comics/interviews/538499-mark-millar-on-x-force-movie-its-wise-to-go-back-to-the-beginning

    ;)

    ResponderEliminar
  151. never-ending-spleepy-eyes
    LOL
    O plano editorial de BD de uma editora não pode andar atrás de um possível filme! Se por caso der para colar o lançamento de um livro com um filme, melhor. Mas andar a pensar em editar séries porque se vai fazer um filme não me parece viável para um planeamento sério a médio/longo prazo!
    :P

    ResponderEliminar
  152. De acordo, mas este subito interesse em Marvel/DC não está directamente ligado ao hype gerado pelos filmes e afins? Ummm duvido!

    E se um filme servir de desculpa para editar material interessante e se desprenderem do óbvio (porquê nesta colecção DC estar preso ao Batman/superman senão pelos fans já amealhados em filmes e afins quando há tanto material excelente na DC que não os inclui?), 100% de acordo! :P

    Se os filmes que se avizinham resultartem em edições nacionais de Deadpol & Cable, guardians of the galaxy, ... óptimo!

    ResponderEliminar
  153. never-ending-spleepy-eyes
    Acho que não.
    Acho que viram um nicho de mercado por ocupar em Portugal, e aproveitaram com sucesso.
    Claro que alguns filmes criam mais interesse nalguns livros, mas ainda está para provar que um filme faz disparar vendas de livros. Acredito que se vendam mais alguns, agora hiperbolizar isso não.
    ;)

    ResponderEliminar
  154. Se foi "a BD pela BD" (ou "comics") mesmo então melhor ainda.
    :)
    Espero que não esmoreçam tão cedo (nem os Srs da Levoir nem os aficionados nem os apoios)
    :)

    ResponderEliminar
  155. never-ending-spleepy-eyes
    Desde que venda não deve ter problemas novas séries!
    ;)

    ResponderEliminar
  156. Comprei os primeiros 4 números mas estou inclinado a ficar por aqui. A qualidade da impressão e do material do livro é satisfatória para o preço mas as traduções são horríveis. Para alguém que está habituado a acompanhar estas personagens na língua original, a forma como os textos são traduzidos alteram a personalidade das personagens, isto já para não falar nas falhas graves e básicas de tradução quando comparamos como os textos originais.

    Acho que se nota uma grande falta de cuidado nesta área e é algo incompreensível. Para ter estas traduções mais valia ter o texto original.

    É pena porque de resto parece ser uma boa colecção.

    ResponderEliminar
  157. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  158. Bruno Cardoso
    Eu ainda não tinha falado desse assunto porque estava a dar o benefício da dúvida. Mas até agora tens razão, as traduções continuam fracas, e eu não percebo porquê! Com tanta gente que sabe inglês neste país não se percebe esta fragilidade...
    É um assunto de que eu falarei quando fizer a próxima crítica a um livro desta colecção.
    Já nas colecções Marvel aconteceu o mesmo.
    ;)

    ResponderEliminar
  159. Boa tarde, alguém conhece um site confiável que venda essa coleção (e também da Marvel) para o Brasil?

    ResponderEliminar
  160. FCB
    Olha... lamento, mas não conheço. Esta colecção está a sair nas bancas e quiosques e não há nenhuma loja (a não ser a do jornal Público) que venda a série. É uma pena.
    :(

    ResponderEliminar

Bongadas