terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Green Lantern: War of the Green Lanterns

Eu poderia dizer que esta série está ao rubro, mas não… a cor dominante é mesmo o verde, e de maneira brutal!
Depois dos eventos Blackest Night e Brightest Day entramos num novo ciclo e numa nova crise da “Luz”. Em Green Lantern: Brightest Day o Guardião renegado Krona mostra a sua agenda apoderando-se um a um dos avatares de cada espectro da luz.
Esta é a premissa para mais um bom desenvolvimento desta série cósmica da DC Comics. Geoff Johns continua a mostrar que ideias não lhe faltam para o universo dos Lanternas, agora muito mais complicado com todos os grupos coloridos metidos ao barulho!
Depois de uma fase de “descanso”, como ele gosta de fazer, inicia agora mais uma escalada que irá atingir o seu clímax já na nova numeração desta série. Aliás, o final é surpreendente pelo menos para mim… não estava à espera! Há muita gente que põe muito defeito no “storytelling” deste homem, mas acho-o fabuloso. Sabe construir um evento, passo a passo, nada é deixado ao acaso deixando pormenores durante a subida da acção, para depois no fim juntar tudo para um grande clímax! Este é o “modus operandi” deste escritor.
Neste volume foram compilados Green Lantern #63-#67, Green Lantern Corps #58-#60, e Green Lantern: Emerald Warriors #8-#10. Portanto aqui temos muitos artistas diferentes o que dá muitas variações, sobretudo na arte na arte, visto que o “plot” escrito é todo ele planeado e controlado por Geoff Johns, numa equipa em que se incluem Tony Bedard e Peter Tomasi. A arte esteve a cargo de Doug Mahnke, Tyler Kirkham e Fernando Pasarin. Este trio, apesar das diferenças visíveis no estilo são muito competentes e conseguem transmitir a emoção velocidade e violência desta guerra entre Lanternas Verdes! Por vezes olho para trás… para Green Lantern: Legacy e Green Lantern: Rebirth, e penso nas voltas que esta excelente série deu ao longo destes anos. Excelente! Tão bom que este título, a par de Batman, não sofreu o “reboot” histórico que atingiu todas as outras personagens da DC em Setembro passado.
Krona finalmente consegue ter todas as entidades emocionais em seu poder, e um grupo formado por Hal Jordan, Atrocitus, Larfleeze, Sinestro, Saint Walker, Indigo-1, e Carol Ferris tenta o resgate destas entidades no esconderijo de Krona, mas a única coisa que conseguem é serem aprisionados por Lyssa Drake dentro do Book of the Black. Hal Jordan é o único a safar-se, mas leva algumas armas… os anéis dos seus companheiros!
Krona por seu turno coloca Parallax dentro da bateria que alimenta os anéis dos Green Lantern corrompendo no processo quase todos os Lanternas. O seu ataque não se fica por aqui, as restantes entidades Emocionais da Luz são obrigadas a possuir os corpos dos Guardiões!
Aqui começa a guerra… Os quatro Lanternas terrestres ao sentirem a corrupção dos seus anéis pela impureza amarela (Parallax), retiram os mesmos e substituem-nos pelos anéis com que Hal Jordan ficou. Começa uma guerra fratricida, que vai resultar numa série eventos fortes, e algumas mortes de grande peso!
Excelente leitura de entretenimento! O final é espetacular e inesperado, espera-se agora pelos desenvolvimentos seguintes e talvez pela leitura de Green Lantern: Aftermath. Esta é uma minissérie introdutória aos eventos que irão chegar!
Recomendo! Este livro deixa-nos presos e dificilmente conseguimos interromper a leitura.
Outros links desta série:
- Green Lantern, de Geoff Johns
- Green Lantern: The Sinestro Corps War Vol. 1
- Green Lantern: The Sinestro Corps War Vol. 2
- Green Lantern: Secret Origin
- Green Lantern: Rage of the Red Lanterns
- Green Lantern: Agent Orange
- Blackest Night

Boas leituras

Hardcover
Criado por: Geoff Johns, Peter Tomasi e Tony Bedard
Editado em 2011 por DC Comics
Nota : 9,5 em 10
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário